Ata 27

27ºAta de 28º Reunião de COMDEF- Reuniram-se na Sala de Palestrante do Depto de Educação dia 14 de Setembro, os senhores: Ubirajui Gestão Junior(planejamento), Ana Claúdia Fregonesi(APAE), Regina Célia M. Carneiro (Educação), Luciano Taniguchi (Presidente de Câmara), Therezinha Aldecoa (APCD), Clayde Parisi M. Santi (OAB), Raquel Frias Pares (Turismo), Flávio S. Meneghelli (Comtur), João Baptista F. de Melo(APAE), Reginaldo E. Mosini (Fiscalização), Érika Ap. de Nascimento Rosa (Educação), Benedito Roberto Mucciacito (Saúde), Antonia de C.Oliveira(APAE) e Simone Valsoni (APAE). Foi dito pelo Sr. Flávio que no Congresso Brasileiro deveria vir o Sr. Governador de São Paulo ao qual seria entregue pessoalmente o ofício do ônibus adaptado. Os ofícios pedidos todos foram feitos.Para a virada inclusiva deve-se pedir para Regina (APAE), respostas. Devemos montar time para jogo de cegos com a APAE. Embora a APAE tenha condições é preciso autorização dos pais. Foi informado o horário de abertura do congresso – dia 28 abertura da feira, dia 29 abertura do congresso pelo Governador e dias 29 e 30 palestras. Sábado livre.Para o Encontro Regional há uma série de providências para ter uma reunião bem feita, mesmo que se ocupe o cerimonial da Prefeitura. Temos que organizar. Dentro da feira do Congresso a COMDEF tem “stand” e devemos montá-lo.Ana Laura de Mogi Mirim tem projeto em andamento para contratação de deficientes em firmas. Ana foi treinada para adaptar o deficiente e dentro da firma que o contratar terá acompanhamento.Foi sugerido fazer-se um convite para Ana a fim de que ela possa ter conhecimento de nossa realidade. Qual o melhor para treinar. Foi pedida a sensibilização das firmas em forma de pesquisa para Roberta da Associação. Como temos a Ana para nos ajudar esta pesquisa poderá ser profícua.A Avape tem treinamento específico, mas há que ter número e foi pedido para o circuito esta adaptação.Pesquisa dentro da escola regulamentar para saber quem gostaria de entrar para o mercado de trabalho. Depois fazer a triagem através dos responsáveis. Deve ser passada a adaptação para uma entidade para que esta indique quem poderá assumir compromisso para treinar deficientes.Ana estará aqui dia 25 de outubro. Na opinião do Sr. Carlos Toledo, antes de ser pedido a Ana o treinamento, devemos fazer o trabalho na cidade.A Fiscalização disse-nos que a adaptação está razoável porque tem lugares que não há como promover a acessibilidade. O técnico deverá após notificação ou na notificação dar orientação. O técnico tem acompanhado as reformas.
Sendo o que foi tratado, assinam a presente, eu Cleyde Parisi Mendes Santi, secretária COMDEF e os presentes na reunião. Próxima reunião no dia 05 de Outubro.

Compartilhe:

Voltar