Compartilhe:

ATA 135 – Aos 08 (oito) dias do mês de janeiro do ano de 2007 (dois mil e sete), na sede do Rotary Club de Socorro, às vinte horas e trinta minutos, realizou-se a Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Turismo de Socorro. Encontravam-se presentes o Presidente Sr. Edelson Cabral Teves, membros da diretoria e dos vários segmentos representativos. Iniciada a reunião fora informando pelo Sr. José Dirceu Teixeira sobre o totem Toc-Tur. Este se encontra sob nova direção e administração pela Empresa MD Foto e Vídeo a qual solicita o apoio ao COMTUR para os trabalhos com o totem. Concluiu o Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo que não seja divulgado no Totem produto (destinos) turístico não formatado para receber o turista. Em seguida o Sr. Presidente informou sobre telefonema de turista relatando uma crítica ao horário de funcionamento do comércio de malhas. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo informou sobre projeto para início do núcleo de malharias em Socorro com primeira reunião marcada para dia 09 de janeiro às 20h00 na ACE. Na seqüência o Sr. Presidente comunicou que a próxima reunião do COMTUR será realizada no Bairro do Visconde em decorrência do projeto “COMTUR ITINERANTE”. Em seguida a Sra. Maria Cecília de Oliveira Camargo comentou a respeito de matéria divulgada sobre as melhores áreas para o Agro Turismo, na qual a Fazenda Fartura de Socorro se destaca pelo ambiente propício que proporciona. O Sr. Presidente falou sobre convite para visitar bairro Agudo Nogueira, e nesta visita constatou uma área rural com potencial para implantar o Turismo Rural e alertou, também, sobre a importância para a indicação de um representante do COMTUR para representatividade junto ao Conselho de Desenvolvimento Rural de Socorro. Voluntariamente, o Sr. Luciano Taniguchi se ofereceu para ser representante e o Sr. Carlos Alberto Tavares se ofereceu para ser suplente no Conselho de Desenvolvimento Rural de Socorro. O Sr. Presidente alertou sobre a necessidade de se realizar alterações no regimento do Conselho Rural de Socorro. Expo Socorro: o Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo falou sobre contato com empresa escolhida para realizar o evento, sendo que fora sugerido para realizar entrevista com malharistas. Realizada a pesquisa, resultou que a grande maioria dos empresários são favoráveis para realização do evento em maio, se o evento for voltado para o varejo ou em após o carnaval, se for voltado para o atacado. Em seguida o Sr. Presidente teceu explicações sobre o que será o evento Expo Socorro, ou seja, um evento no qual o foco principal é setor de malhas e tricô e que também irá contar com a participação de outros setores como Turismo de Aventura e Rural. Projeto Acessibilidade ao Portador de Necessidades Especiais: o Sr. José Fernandes Franco falou sobre contato com ONG para realizar teste final. A data do teste está para ser agendada. O Sr. Presidente sugeriu para todos os envolvidos no Projeto Acessibilidade se reunirem com a finalidade de verificar o andamento e continuidade do projeto. O Sr. José Fernandes Franco enfatizou que o tema Acessibilidade está sendo discutido de forma ampla para adaptação de todos os setores da cidade. Marcada para dia 12 de janeiro, às 17h00, reunião para a Comissão de Acessibilidade, ficando o Sr. Luciano Taniguchi responsável pelo agendamento do local e comunicado aos integrantes da comissão. Normalização do Turismo de Aventura: o Sr. Presidente solicitou ao Sr. Marcio J. M. Alves explicações sobre os últimos trabalhos para elaboração de documento para Projeto de Lei Municipal. Em seguida o Sr. Presidente falou sobre a concessão do alvará para as Operadoras de Aventura e esclareceu que não há, no momento, legislação para emitir o Alvará. O Sr. José Fernandes Franco esclareceu a diferença das denominações Turismo de Aventura e Esporte de Aventura, sendo que, no turismo de aventura a prática é feita com turistas (pessoas não especializadas) na atividade e o Esporte de Aventura é praticado por atletas com a finalidade de competição. Concluiu dizendo que o foco principal da cidade está no Turismo de Aventura e que há um manual explicativo tratando do assunto. O Sr. Presidente comunicou sobre as novas instalações do Departamento de Desenvolvimento Econômico e conseqüentemente o Departamento de Turismo no Centro Administrativo Municipal. Futuramente o Palácio das Águias (antiga Prefeitura), será destinado ao Turismo. Em seguida solicitou sugestões para o que fazer com o espaço destinado ao Turismo. O Sr. José Fernandes Franco sugeriu para que seja feita uma decoração visual. Projeto Sinalização: o Sr. Presidente perguntou ao Sr. Felipe Henrique dos Santos sobre o andamento do projeto. Este informou sobre a falta de certificação com alvarás de funcionamento das empresas e que houve pouca adesão após definição do orçamento. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo sugeriu a realização de contato pessoal com os envolvidos com o Turismo para possibilitar as adesões. O Sr. Felipe Henrique dos Santos finalizou dizendo que entrou em contato com representante do DER, e este lhe disse que está a disposição para colaborar com esclarecimentos técnicos acerca do Projeto. O Sr. Presidente sugeriu para entrar em contato com o Sr. Rogério Magalhães, coordenador do Projeto de Sinalização, para definição da próxima etapa do projeto. Concluiu o Sr. José Fernandes Franco enfatizando a necessidade de por em prática e viabilizar o Projeto para Sinalização constatada a dificuldade dos turistas em localizar hotéis e pontos turísticos na cidade. Circuito das Águas Paulista: o Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo, Secretário Executivo do Circuito das Águas Paulista, informou que a partir de janeiro o Presidente para o Circuito da Águas Paulista será o Prefeito da cidade de Serra Negra e que o foco principal estará voltado para o marketing e venda para 2007. A Sra. Maria Ângela Tannus alertou a todos, sobre o setor de hotelaria, que está sendo praticado, por algumas empresas, uma concorrência desleal. O Sr. José Fernandes Franco enfatizou que o problema ocorre em diversas localidades. O Sr. Hélio Grimberg´s esclareceu que o acordo de preços não obteria êxito, sendo o mais correto a livre negociação pelas empresas do setor e os clientes. O Sr. Jaime César Morais comentou que, conforme entendem especialistas do setor, o preço é o quarto item verificado pelo cliente na escolha de um produto. Em seguida o Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo informou que o SEBRAE está com o interesse em desenvolver um projeto mais abrangente na cidade a exemplos dos núcleos de Hotéis e de Turismo de Aventura. A Sra. Maria Cecília de Oliveira Camargo comunicou sobre a presença de uma placa de ponto de Informações Turísticas no Restaurante Panorâmico e salientou sua preocupação quanto à capacitação das pessoas para informarem aos turistas. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo informou que se trata de pessoas capacitadas e que já participaram de trabalhos junto ao turismo em Socorro e também sugeriu para que seja feito um convite para que um representante da empresa participe da reunião do COMTUR. Em seguida o representante dos Restaurantes bares e similares, Sr. Felipe Henrique dos Santos informou ter realizado uma visita técnica ao Projeto Deguti em Itatiba. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo sugeriu para que o Sr. Felipe Henrique dos Santos coloque em pauta junto ao setor de Restaurantes, bares e similares o “Projeto Prato Típico de Socorro”. Ao final fora marcada reunião para a Comissão de Eventos no dia quinze de janeiro às 16h00 no Hotel Grimberg´s Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião. Eu, Jeferson Boaretto, Secretário, escrevi e assino juntamente com o Presidente Sr. Edelson Cabral Teves a referida Ata.

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES