Compartilhe:

ATA 141 – Aos 16 (dezesseis) dias do mês de julho do ano de 2007 (dois mil e sete), na sede do Rotary Club de Socorro, as vinte horas e trinta minutos, realizou-se a Reunião Ordinária do conselho Municipal de Turismo de Socorro. Encontravam-se presentes o Presidente Sr. Edelson Cabral Teves, membros da diretoria e dos vários segmentos representativos. Iniciada a reunião o Sr. Presidente solicitou a apresentação dos visitantes. Em seguida leitura da Ata do mês anterior. O Sr. Presidente enfatizou a força do Conselho Municipal de Turismo de Socorro – COMTUR chamando a atenção para que os participantes não esmoreçam mesmo por conta do cansaço. Concluiu dizendo que o Projeto “Socorro Acessível” será fundamental para o desenvolvimento da economia do município. Já há município se intitulando na mídia como cidade destino para o portador de deficiência. O mercado é 25.000.000 (vinte e cinco milhões) de pessoas deficientes. Em seguida o Sr. Aléxis R. Muñoz enfatizou que há uma fatia do mercado também para a terceira idade que irá se beneficiar com as adaptações. A divulgação do projeto nacional. È uma oportunidade única. Há um planejamento que deve ser executado até setembro do ano corrente e deverá seguir as normas que devem se cumpridas de acordo com o que a lei determina. O Sr. Luciano K. Tanaguchi informou que o Ministério do Turismo exige do município a capacidade para atender inicialmente quarenta Unidades Habitacionais, observando que de qualquer forma todos terão que se adaptar. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo entende que será possível cumprir a missão e observa que a cidade de Socorro está na iminência de se tornar referência nacional e cidade pólo de irradiação para o turismo do Brasil. A maior dificuldade será adaptar o número de unidades habitacionais exigidas. Outro assunto a ser discutido é o equipamento próprio ao portador de deficiência. O Sr. José Fernandes Franco relata que acredita na oportunidade, mas ainda não sentiu entusiasmo dos empreendedores para cumprir as adaptações. Citou como exemplo a redução da participação do Turismo de Aventura de Socorro na Adventure Sports Fair de 300 metros quadrados em 2006 para18 metros quadrados em 2007. Comentou também a grande demanda de trabalhos para o setor de turismo e a falta de pessoal. Concluiu dizendo que um plano de ação deve ser feito de forma efetiva e dinâmica para viabilizar os trabalhos para o turismo com apoio dos órgãos públicos, iniciativa privada e financiadores. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo sugeriu a divisão dos trabalhos em várias frentes para desenvolver o Projeto Socorro Acessível. O Sr. Aléxis R. Muñoz salientou que é importante investir em eventos e feiras de projeção nacional como Adventure Sports Fair. Em relação ao projeto para adaptações, informou que há um sistema de trabalho com cronograma a ser seguido junto com profissionais especializados e concluiu dizendo para os empreendedores não construam fora do estabelecido e orientação especializada. A Sra. Maria Cecília de Oliveira Camargo manifestou-se a respeito da falta de interesse dos empresários dizendo que isto ocorre pela falta de informação. Sugeriu a realização de visitas pessoalmente para maiores esclarecimentos. Em seguida o Sr.José Fernandes Franco falou sobre o setor publico como sendo ente impulsionador da iniciativa privada e a necessidade de solucionar o problema para conscientizar a comunidade. A Sra. Maria Cecília de Oliveira Camargo concluiu dizendo que há necessidade de uma ação direta e efetiva. O Sr. Hélio Grimberg questionou sobre quantas unidades adaptadas existem atualmente. O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo informou que existem 02 (duas) UH atualmente. O Sr. José Fernandes Franco alerta que as adaptações demandam de muitos fatores. O Sr Gilberto Alves Costa, gerente da Caixa Econômica Federal expõe o ponto de vista a respeito do Projeto e informa que foi procurado por empresários para saber dos empréstimos para as adaptações. O Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal têm condições de oferecer linhas de créditos. Entende que há possibilidade de viabilizar o projeto. O Sr. Adriano Carollo Junioro comentou os problemas sobre a falta de informações fornecidas aos empresários sobre o projeto e comunicou que está marcada uma reunião para quarta-feira, dia 19 de julho, ás dezenove horas na Associação Comercial para prestar esclarecimentos sobre o projeto aos empresários. O Sr. Dircineu de Lima informou que comunicou na Rádio sobre os benefícios do turismo e convidou a qualquer interessado para participar do projeto. O Sr. Presidente concluiu solicitando voluntários para a colaboração com o projeto. Apresentam-se como voluntários para a colaboração com o projeto. Apresentaram-se como voluntário o Sr. Flávio Meneguelli, o Sr. Dircineu de Lima, a Sr. Maria Teresa e o Sr. Denis Tavares. Marcada reunião para terça-feira, dia de 18 de julho, as quinze horas no Centro Administrativo Municipal, na sala do Departamento de Educação. O Sr. Luciano K. Taniguchi se encarregará de comunicar os ausentes sobre a reunião. Campeonato Brasileiro de Treking: O Sr. Presidente Comunicou sobre o reconhecimento de oficio com proposta da Confederação Brasileira de Treking, entregue pelo Sr. José Maurício Ferreira Lemos, para que o 5º Campeonato Brasileiro de Treking seja realizado em Socorro com o apoio do COMTUR. Haverá participação de competidores de 8 (oito) Estados no Campeonato. Há interesse em realizar parceria com APAE (Festa Italiana) e possibilidade de envolver os alunos da entidade no evento com a realização de uma “Caminhada Especial”. É esperado para o campeonato um publico de aproximadamente 1.200 (mil e duzentas) pessoas. Será realizado nos dias 15, 16 e 17 de novembro. Acessória de Imprensa: A Sra, Maria Cecília de Oliveira Camago comentou sobre os trabalhos realizados em um ano de parceria e comunicou sobre a reunião marcada para dia 20 de julho, às dezoito horas, na sede da ACE no Centro Administrativo Municipal para Tratar e discutir os trabalhos e continuidade de Acessória de Imprensa. Circuito das Águas Paulista: O Secretário Executivo do Circuito das Águas Paulista, Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo, informou sobre a participação do Circuito em eventos e a contratação de empresa para realizar a publicidade. Sinalização: O Sr. Carlos Alberto Tavares de Toledo comunicou que as placas de sinalização para a estrada do contorno estão prontas, porém, ainda não houve autorização do DER para a instalação das placas. Ao final o Sr. João Antônio, representante da Revista Litoral Tur, informou sobre a intenção de fazer um especial de Socorro na revista que tem distribuição em Santos, Guarujá, São Vicente e Praia Grande e fazer uma integração com a Assessoria de Imprensa, jornal local e hotéis. A distribuição da revista á gratuita. O Sr. Presidente agradeceu a presença de todos. Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião. Eu, Jeferson Boaretto, Secretátio, escrevi e assino juntamente com o Presidente, Sr. Edelson Cabral Teves, a referida Ata

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES