Ata 224

ata 224

Ata 224 – Ao décimo segundo dia do mês de Junho, ás 19h00, na sala dos Conselhos no Centro Administrativo Municipal, realizou-se a reunião ordinária do COMTUR. O Presidente abre o encontro, e solicita para sra. Erika Martines, secretaria adjunta do Comtur, a leitura da ata anterior, que é aprovada por unanimidade, com uma observação: no tópico onde tratava-se da alteração da nomenclatura “corredor turístico”, foi escrito que será retirado os dizeres caminho turístico, quando na verdade retira-se os dizeres corredores turísticos, para que se concretize a alteração da nomenclatura para “caminho turístico”. Ainda tratando de placas, Srª Tereza informa que a nova placa da saída para Bueno Brandão escondeu a placa do homenageado com a rua Renato Correia Bueno. Na tesouraria, Dr Vitório apresenta e lê a carta de demissão de Jesse Zerlin. Ainda na tesouraria, o Sr. Dircineu De Lima informa ao COMTUR que já está em contato com a Srª Deise Formagio para que providencie as documentações necessárias para resolver a questão da troca de titulares da conta bancária do conselho. Documentações essas: Atas que comprovam a saída dos antigos membros da diretoria do conselho, e a posse da nova equipe de diretoria. NO aspecto organizacional do COMTUR, DR Vitório da início as discussões relacionadas as faltas nas reuniões do COMTUR, e a Srª Tereza expressa ser justo banir, ou seja, cumprir estatuto. Dr Vitório pensa ser certo analisar caso a caso, e João Gabriel ainda expõem que não pode-se esquecer que é válido justificar, e que é possível que os ausentes indiquem suplentes. Então, decide-se por criar uma lista diferenciada para um acompanhamento de caso a caso, para que não cometa-se injustiças. Em seguida, Dr Vitório aborda o assunto da reforma administrativa, onde apresenta protocolo de ofício que solicita reunião com prefeito e faz outros questionamentos. Ainda na linha do setor administrativo, fica solicitado, que o Sr José Zambotto, secretário de gestão seja convidado a participar das próximas reuniões do COMTUR, para alinharmos ações junto a secretaria. No turismo rural, dr Vitório informa que as pendências da ABRATUR já foram resolvidas, assim ficou-se acertado que a SRª Beth entraria em contato com a presidente da ABRATUR, “Srª Andréia Roque” pois havia-se ajustado uma verba no valor de r$50.000, e a mesma não está confirmada pela Andréia. Srª Beth informa também, que o encontro está sendo previsto para os dias 17, 18 e 19 de setembro. Dando sequência, DR Vitório junto do SR Marcos informam que estiveram  na seção da câmara que votou o orçamento para 2015, e que a verba disponibilizada seria de R$113.000, sendo contestada pelos mesmos, e definiu-se junto dos vereadores o valor de r$300.000. Dr Vitório prossegue fazendo a leitura da contestação que será encaminhada ao prefeito André Bozola. Seguindo na linha de captação e distribuição de recursos, Sr Charles e Tereza insistem na necessidade de se solicitar mais verbas para eventos e marketing. Silvana sugere campanhas publicitárias contínuas. Sr Sebastião incentiva a aplicação de verba para publicidade de target especifico com data já programada anualmente. Sr João Gabriel sugere que as propostas sejam melhores desenvolvidas para facilitar a aprovação das verbas. Charles diz que otimizar a verba para publicidade fora de são paulo, como MG e RJ ajudará a conseguir maior público para semana. Sr Vicentino diz que a Baixada é um bom ponto para explorar. SR Jerônimo sugere entrarmos em contato com outros municípios para aprendermos com seus cases de sucesso. Dr Vitorio solicita ao Charles que a Comissão de Marketing sugira um calendário de eventos em 7 de Julho para ser votado. Dr Vitório ainda convida a todos e pede divulgação para o salão SP de Turismo que acontecerá dias 25, 26 e 27/06 no Espaço São Luis, em S.P. Charles ainda informa que o Plano de marketing realizado junto a Empresa  Barcelona está avançando bem, e que como parte das ultimas ações tiveram um bate papo com o Sr Carlos Tavares para coletar idéias e sugestões. “Será um plano simples porém bem projetado”, completou Charles. Seguindo, Dr. Vitório sugere que o Lions clube, e o Rotary clube, sejam convidados a ter representações no COMTUR, visto a importância e o trabalho desempenhados pelos mesmos em nossa comunidade. Sr Beth seguindo o caminho das alterações sugere também, que deve-se acrescentar o COMDER, e eliminar o sindicato rural,  substituir setor de compras por lojistas, e alterar no boleto de coleta do COMTUR a frase: “contribuição ao COMTUR” por “contribuição ao turismo”. Ficou destacado, que todas as alterações tem que ser levadas a câmara, pois precisa-se alterar leis e outros dispositivos. Na sequência, deu-se o início nos assuntos tratados pela comissão que analisa chácaras, e foi dito que devemos levar tal problema para a fiscalização, pois faz-se necessário alterações na forma que essa questão está sendo tratada, pois Socorro enfrenta alguns problemas tais como falta de segurança nos quesitos relacionados a hospedagem, construções ilegais, e ainda a isenção de pagamento de impostos a prefeitura como frisado por Charles e João Gabriel. Srª Érica Martines e Sr Marcos Toledo ainda completam que precisamos agir com rigor nessa questão. Sr Sebastião diz que parte da solução dessa questão pode vir baseado nas leis de chácaras implementadas por Brotas, e Beth ainda lembra que há algum tempo atrás foi criado uma cartilha de recomendações, e verificará a possibilidade de levá-la a reunião. Em seguida, foi lembrado que os portais estão funcionando de quinta há domingo, com espaços para propagandas, e informações. Sr. Milton, responsável pelos portais, será convidado a próxima reunião para falar mais sobre o assunto. Tereza pede a palavra, e chama a atenção para a questão de Socorro acessível, contando o relato que ela recebeu no jornal de um deficiente físico, onde ele se mostrou indignado, decepcionado, e ainda deixou claro que o que se é vendido não se vê nas ruas, e no dia – a – dia da cidade. Sebastião diz que os empresários estão se mobilizando para  a cidade acessível não ser somente um marketing, e realmente acontecer. Ele ainda solicita maior atenção da prefeitura para com os locais públicos e outras iniciativas pertinentes ao assunto. Erika ainda completa dizendo que o elevador do cristo não funcionar até o momento é no mínimo triste. Jerônimo sugere ao COMTUR questionar ao executivo onde está o departamento da pessoa com deficiência. Convites: Presidente do Lions convida a todos para a posse da nova diretoria do clube, que acontecerá no dia 11/06. Lembra ainda que construíram o portal, e que estão a disposição para novas contribuições e parcerias. Socorro recebeu o convite da AMITUR para contar como é feito o trabalho do CONTUR e também será realizado aqui em Socorro um encontro de COMTURs, (ainda sem data definida). Charles pede a palavra, e solicita maior primor e capricho nos textos gerais e institucionais por parte da prefeitura, e segue com a palavra, agora para tratar dos assuntos relacionados a comissão de marketing. Ele diz, que existe uma certa indagação quanto a questão da Cidade Aventura ser considerada uma ONG. Qual trabalho social ou ambiental é feito. Aguardamos providências do departamento de Turismo para esclarecimentos. Silvana toma a palavra para informar sobre a assessoria de imprensa: “em Junho, utilizamos os seguintes pacotes para divulgação: Copa e cultura, Férias, Festival de Inverno, Queima do Alho e Feriados municipais”. Ainda na imprensa, Dr Vitorio solicita a Silvana enviar para o mailing de todos os hotéis as datas dos aniversários dos municípios possíveis de se trabalhar com promoções de feriados, datas comemorativas, entre outras. Sebastião Ginghini pede a palavra e informa: O  receptivo da população não é agradável, cidade barulhenta com carros e som ligados e a Guarda Municipal não toma providências, caminhões não estão sendo controlados no Caminho do rio do Peixe e  deixa a duvida sobre a balança, se a mesma realmente está certificada.  Sr Xavier informa ainda, que houve a regulamentação da lei sonora e reclama da não fiscalização. Comandante presente informa que não possui o poder de apreensão, e ainda completa: “em muitos casos eles simplesmente abaixam o volume quando a guarda chega e não há nada que podemos fazer”. solicita-se o envio de um ofício para o COMSEG para solucionar as colocações do Sebastião. Sr Domingos Palazi pede a palavra, e informa que manterá a presença em nossas reuniões como representante da música. Seguindo com os informativos, Sr Charles informa curso de Primeiro Socorros com 25 vagas, do SENAC e Sr Xavier informa Jantar dançante na APAE em 02 de Agosto. Deise Formagio, Acácio Zavanella, Elizandra Bueno, e José Fernandes justificam ausência. Eu, Erika Martines redigi esta ata, e assino a mesma junto do EXMO. Dr Vitório Zuccom

 

Compartilhe: