Ata 243

Ata 243

Ata 243 – No décimo oitavo dia do mês de Janeiro, na sala municipal dos conselhos Sr. Vivaldo Lopes Martins, as 19:00H, realizou-se a 1ª reunião ordinária do COMTUR no ano de 2016. A reunião inicia-se com a leitura e aprovação da ata anterior, com somente uma observação, onde Deise informa que na verdade era para ter indicado um membro do Departamento de Turismo para o COMDEMA e não um membro do COMTUR. Corrigido o erro na ata anterior, o presidente da andamento nos trabalhos, e na tesouraria, é informado que o pagamento do débito da ACES ao COMTUR não foi realizado por causa do cheque que estava incorreto, sem a assinatura do tesoureiro da Associação comercial. Entretanto, o presidente repôs o dinheiro, e está aguardando o pagamento da ACES. Dr. Vitorio ainda comenta sobre a audiência da câmara, onde foi aprovado R$300.000 (trezentos mil reais) de verba para o COMTUR no ano de 2016, e que na conta do Sicoob  o saldo do conselho é de R$2.103,00 (dois mil cento e três reais). Na sequência, Dr. Vitorio faz a leitura das 20 prioridades e prioridades internas do COMTUR e faz uma breve avaliação das ações executadas. Presidente informa ainda que as prioridades da próxima gestão serão apresentadas na próxima reunião deste conselho e que aqueles que quiserem sugerir ações mandem no e-mail do Departamento de Turismo. Ainda com a palavra, o presidente sugere a mudança da data da próxima reunião para o dia 15 de fevereiro, em função do carnaval. Alteração aprovada por unanimidade. O presidente conduz a pauta para o próximo assunto, onde é discorrido a respeito do relacionamento com a ACES. Charles toma a palavra, e relata que o presidente Leandro ficou ocupando o cargo até esse Mês para prestar contas do “luzes de natal”. Sr. Zé Fernandes sugere um reposicionamento do turismo na associação comercial, comenta que é obrigação dos associados brigar pelos direitos e interesses em comum. Sugere então indicar dois representantes para a diretoria, e influenciar na decisão de quem irá cuidar do projeto empreender, e outras ações. Sendo assim, Dr. Vitorio pede a Deise que faça ofício indicando para a ACES o Sr. Mário Pares e Ana Luiza para compor a diretoria e manter Charles como conselheiro. Dr. Vitorio segue, e agradece ao prefeito EXMO. André pela sua presença na reunião do conselho. André pede a palavra, e deseja uma boa gestão ao Dr. Vitorio no biênio que se segue, e agradece a oportunidade. Seguindo, Dr. Vitorio passa a palavra para Elisandra, que traz ao conselho a ação desenvolvida pelo núcleo de hospedagem para o carnaval. “Será um baile no clube XV, com entrada para turistas e sócios do clube, caso chova e o desfile de rua falhe, assim os mesmos não ficam sem programação”, é frisado por ela. Na sequência, Tiago – cultura toma a palavra, e informa a programação do carnaval. Serão 5 noites, com a abertura na sexta – festival de marchinhas e esquenta da bateria da Falange, e que para outros dias haverá alguns trios elétrico, e diversas apresentações do COMUC. Tiago ainda fala de uma apresentação teatral no centro cultural, e da orquestra filarmônica do SENAC, que se apresentará na igreja da matriz. Candinho aproveita a pauta da cultura, e informa que a Falange fará uma homenagem a cerveja “a outra”, com a distribuição de brindes relacionadas a mesma na avenida, durante o carnaval. No núcleo rural, Dona Beth informa que a fazenda sant’ana está lançando a “balada cultural”, e estará se integrando ao núcleo de hospedagem, visto que ela inaugurou seus chalés, para finalizar, ela destaca que o núcleo está participando na feira “revelando Atibaia”. Dr. Vitorio passa a palavra para Charles, onde ele expõe que foi proposto no ano passado a realização de um Arvorismo no shopping Moda De Fábrica, mas essa ação ainda não foi concluída. Charles comenta também o calendário dos eventos do núcleo propostos para esse ano, que a pretensão do núcleo é organizar os eventos com antecedência para fortalecer divulgações através do marketing digital. Outro ponto debatido pelo Charles, é a questão da segurança, onde é informado pelo Sebastião, que quase não se vê guardas no caminho turístico do rio do peixe, e nesse espaço existe empreendimentos grandes, com grande fluxo de dinheiro. O prefeito, André, toma a palavra e diz que irá pedir um empenho maior da guarda em atender o Caminho Turístico do rio do peixe, e que estão adquirindo novos veículos e novos homens para melhorar o contingente e a segurança do município. Aproveitando o assunto, juneca menciona que a falta de iluminação no caminho turístico contribui para o “encorajamento” de ações criminosas. Ainda nessa tônica, Acácio traz ao conselho, que em dezembro desse ano o número de furtos em Socorro foi de um único, ou seja, bem menor que os anos anteriores, e isto deve ser levado em consideração. Ainda no âmbito da segurança, mas falando sobre atividades de aventura, Charles comenta que até a pouco tempo o rio estava baixo, e nos últimos dias com o fluxo de chuva o rio estava inoperável. Entretanto, houveram empresas que realizaram decidas com o nível fora do  recomendado. É sugerido que seja criado um decreto afim de que seja padronizado até quantos metros pode-se descer o rafting, e caso as empresas o descumpra seja aplicada multa, advertência e suspenção de alvará, etc. Daniel toma a palavra, e lembra que apesar de o rafting ser o problema na atualidade temos que nos cuidar com a segurança de todas as atividades. Sr. Zé fala que as leis federais do turismo contemplam segurança, e que se todas as empresas se certificassem na ABNT, a prefeitura não tinha a obrigação de ter um profissional especializado na área. Para encerrar esse assunto, Charles sugere a criação de uma comissão de trabalho, que irá elencar as necessidades e trazer a prefeitura. Ainda no núcleo de aventura, Charles pede a leitura dos ofícios solicitando a realização de eventos, e se for de acordo dos conselheiros, que seja aprovado de imediato a realização de 2 eventos: campeonato de rafting no valor de R$13.000,00, nos dias 01 a 03/04 e um evento de corrida de aventura no valor de R$15.000,00 no dia 19/03, em função da proximidade das datas dos mesmos, e estes foram aprovados. O presidente transmite a palavra para Sr. Xavier, que destaca que agora como representante dos restaurantes, bares, similares, está disposto a realizar ações com esse segmento. Dr. Vitorio convida a todos para o lançamento do plano diretor de turismo, e o prefeito destaca que esse será um importante paço para as próximas ações do turismo da cidade. Para finalizar, Dr. Vitorio passa a palavra para Daniel que apresenta os números da campanha do luzes de natal, onde ele fala que o foco foi de atingir as pessoas da região, e mostra também os números dos pacotes de serviços dos planos do comtur. Sem mais e finalizando os trabalhos, eu Deise Formagio Cavazan, redijo a presente ata e junto do presidente Dr. Vitorio Zuccon a assino.

Compartilhe: