Ata 253

Ata253 – No vigésimo primeiro dia do mês de Novembro, as 19:00, na sala Municipal dos Conselhos “Sr. Vivaldo Lopes Martins”, deu-se início a reunião ordinária do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR. A reunião inicia com a leitura da ata anterior, que é aprovada por unanimidade, apenas com a consideração do Presidente pedindo para constar em ata sua ausência na última reunião onde o vice Charles presidiu a mesma. Na sequência, Charles passa a palavra para secretaria, onde Deise comunica que recebemos um ofício do Conselho Municipal de cultura Comuc, solicitando a nomeação de representantes para o mesmo. É nomeado então Dircineu como titular, e Ana Luiza como Suplente. Com o andamento da reunião, Sra. Ana Luiza toma a palavra e informa que temos na Conta do Comtur um valor de R$7.172,33, (sete mil cento e setenta e dois reais e trinta e três centavos) isso com a hospedagem do site, e todos os prestadores de serviços devidamente pagos. Já no Fumtur, o caixa está zerado, pois o saldo que o compõe é suficiente para as próximas contratações. Na sequência, Sr. Charles passa a palavra para Edvarso, que se apresenta e relata sobre o fato de estar envolvido a algum tempo com turismo, e que tem planos de construir uma pousada na estrada que vai para o pico da Cascavel. Todavia, informa que para o sucesso do projeto gostaria de melhorias na estrada que leva ao pico, e que inclusive pode ajudar na regulamentação do local. Na sequência, Sr. José Fernandes menciona que primeiro deve-se estruturar o Pico, e então quem sabe até alargar a estrada e cascalhar. Ele ainda lembra que é necessário que o assunto seja tratado pelo núcleo de aventura, e que inclusive o núcleo já tentou uma conversa nesse sentido para auxiliar na organização. Sr. Edvarso retoma a palavra e informa que só realizará o investimento se souber que haverá melhorias na estrada. Aproveita ainda para comunicar que o local é muito procurado por turistas. Então é definido que o assunto será tratado em reunião de núcleo. O presidente interino abre a palavra para Rosangela – nutricionista, que informa ter um projeto de alimentação para bares, restaurantes e hotéis, que visa o aumento da qualidade dos alimentos e a redução de custos. Ela pede para deixar seu contato caso alguém sinta interesse. Na sequência, Sra. Ana diretora do departamento de esportes toma a palavra, para solicitar parceria do COMTUR para a realização de 2 eventos. Um que tem o intuito de trazer 350 crianças para se hospedar em Socorro, o interessante é que cada criança traz um ou mais acompanhantes que poderiam usufruir de toda infra estrutura turística da cidade. Este evento, seria realizado no mês de maio. Já o segundo evento, seria uma copa de futebol, onde receberíamos a visita de 740 crianças atletas, que teriam 4 dias de estadia por aqui, também acompanhados. Ela ainda ressalta que os acompanhantes estarão usufruindo da estrutura turística, inclusive consumindo na mesma, no final de semana de 18 a 22 de Janeiro. Para a realização desse evento, ela solicita que o COMTTUR colabore com R$5.000,00 (cinco mil reais) a fim de pagar alimentação. O conselho aprova, e caso aja sobra de verba nesse ano , já será repassada. Senão, o repasse acontece no ano que vem. Na sequencia, Sr. Presidente toma a palavra e comunica que o COMTUR está respondendo um inquérito em face a denúncia do Sr. Xavier, onde o Promotor pediu o contrato de prestação de serviços do COMTUR e a relação de empresas associadas, onde ele entende que o contrato não pode estar no nome do conselho mais sim de uma associação. Sendo assim, ele fez com que o presidente assinasse um termo se comprometendo a mudar os nomes desses contratos o mais breve possível, passando os mesmos para a associação comercial, ou associação de turismo. Sr. Acácio pede a palavra, e comunica que o próprio promotor relata saber da seriedade do conselho, e por isso pediu para que resolvêssemos essa questão. Foi levado ainda, declaração da ace, comunicando da parceria com o COMTUR, e que toda cobrança é feita em uma conta ACE, no banco Sicoob. Então, a opção dada pelo promotor é que os contratos sejam feitos todos em nome da ACE, ou no nome de uma outra associação. Sendo assim, Ana Luiza aproveita para reforçar a importância da criação da associação de turismo no final da reunião. O presidente segue, e o próximo assunto da pauta é os pórticos que serão instalados nos caminhos turísticos. É informado pela Deise que haverá um painel modular indicando as empresas que estão instaladas no determinado caminho turístico e que estes painéis serão instalados ao lado dos pórticos. Devido a falta de espaço apenas dois caminhos turísticos foram contemplados: o da Pompéia e do Rio do Peixe. Deise comenta que devemos eleger uma série de requisitos para que as empresas estejam divulgadas nestes painéis, sendo assim, a principio fica determinado que apenas empresas regularmente constituídas, que possuam alvará de funcionamento,  que tenham potencial turístico e que possuam acesso principal pelo respectivo caminho estarão neste painel. Para estreitar melhor a ação o presidente sugere que uma comissão avalie essas questões que são bem delicadas, ele lembra que há algum tempo foi definida uma comissão para os caminhos turísticos e sugere que a mesma analise esta situação. Na sequência, ele abre a palavra para Sra. Ana – Agricultura, onde ela trouxe moradores do bairro dos Moraes e da Chave que estão interessados em abrir sua propriedade para turistas, para a prática do turismo rural. Eles ainda comunicam que já fizeram um festival, o festival do porco baronês, encerrando o curso de turismo rural do SENAR e que estão já se estruturando para receber turistas.  Após, é informado pelo Presidente, que o COMTUR do Circuito das Águas já está formado. Ele ainda comunica que esteve presente na reunião de criação do conselho regional, onde foi aprovado o estatuto, e que no dia 16 de janeiro haverá a cerimônia de posse dos primeiros conselheiros deste conselho que é o 1º conselho regional de turismo do Brasil, e Socorro ficou com a vice-presidência do conselho, na pessoa do Sr. Charles, e o presidente do mesmo é o Silvio de Amparo. Com a temática do conselho regional encerrada, a palavra é passada para Sra. Deise onde ela comunica que ouve uma reunião com o prefeito para definir prioridades para aplicação dos recursos do Dade para o ano que vem, e os projetos elencados para receber parte dos valores de 2,5 milhões foram o projeto estação Socorro, a continuidade da ciclovia do Rio do Peixe, aplicação de recursos em marketing digital, e criação de aplicativo turístico para os pontos públicos que proporcione maior acessibilidade e independência aos deficientes visuais. Estes projetos foram aprovados. Na sequência, Sr. Acácio pede a palavra para explanar da dificuldade de se manter o mirante do cristo e os centros de informações turísticas em funcionamento, ainda mais com a saída do gerente Milton. Ele ainda comenta que diante da situação, a rede aprendiz fez a proposta de assumir os 3 centros, vendendo produtos no mirante do Cristo. Produtos esses inclusive, do núcleo rural que hoje está no espaço, mas que a principio houve uma certa rejeição do núcleo. Sr. Eduardo toma a palavra e comunica que o grupo se reuniu, e irá realizar um levantamento do que é ideal para eles e irão conversar com a rede afim de resolver essa questão. Ainda é sugerido uma tentativa de parceria por 6 meses, e Sr. Zé Fernandes aproveita e questiona a ideia de licitação, e Acácio informa que já houveram 3 tentativas todas fracassadas. Sr. Charles diz que os centros de informações deva ser responsabilidade da prefeitura e que no mirante já temos a experiência de que o atendimento agrega muito. E sendo assim, Sr. Acácio sugere que o COMTUR peça ao prefeito a criação de um cargo de atendente de turismo, mantendo assim um padrão de atendimento. Então é informado que na terça dia 22 será realizado uma reunião para definir os critérios para a estruturação do mirante. Em seguida Sra. Isabela toma a palavra e informa que o núcleo rural já está se organizando para o festival gastronômico, e nessa semana o núcleo de hospedagem e o Gastronômico também tem reunião para planejar as próximas ações. Seguindo, Sr. Charles Fala sobre Adventure. Comenta que tivemos 1.000 cadastros, o dinamismo do sorteio foi ótimo, com Produtos Ecobier, café e produtos do turismo rural para degustação. O negativo do evento, foi a não montagem do arvorismo por causa da falta de comprometimento da Monções e Expedições e falta de comprometimento das empresas em pagar o rateio das atendentes no estande. Ainda na pauta dos eventos, Sr. Zé Fernandes fala do evento Abeta Summit, onde cerca de 300 pessoas estiveram participando diretamente do evento e que representantes de ministérios e secretarias estiveram participando. Ele relata sobre a realização de sorteios de hospedagens e atividades  durante o evento e que cerca de 7 pessoas de socorro estavam lá. A única pena é que não pudemos utilizar uma das inscrições da cota do copatrocínio de Socorro, pois o Oliveira da Monções desistiu encima da hora. Próximo Summit será em Santo Antônio do Pinhal no Grupo da Serra da Mantiqueira. Zé Fernandes ainda comenta que a cidade de Socorro teve um espaço para falar sobre a Acessibilidade em um dos painéis no evento e ainda informa que esteve em um painel de ciclo turismo no evento, e a tendência é que essa modalidade cresça cada vez mais. Ainda na temática da Abeta, Sr. Charles informa que era para ter acontecido a troca de diretoria da instituição no ABETA SUMMIT, mas que por falta de interessados não houve, então a eleição será durante a WTM em Abril. Na sequência, Ana Luiza assume a palavra para falar em nome da comissão de marketing, onde ela informa que o calendário de eventos está praticamente finalizado e até a próxima reunião será apresentado. Outra questão, é que o COMTUR se desligou do prestador de serviço de Marketing Digital, Daniel Barbarine, mas que já estamos contratando uma agência de São Paulo para dar continuidade aos trabalhos. Na sequência é comunicado que a ACE desenvolveu um aplicativo, que tem como finalidade ser um guia comercial onde pode participar todas as empresas da cidade. Os valores para inclusão no Aplicativo para sócios da ACE é de R$120,00 e não sócios R$ 240,00, sendo uma taxa anual. Aproveitando a temática de aplicativos, Ana Luiza diz que o COMTUR está desenvolvendo um aplicativo turístico com as informações necessárias para os turistas e logo apresentaremos. Após, o Presidente diz que o sindicato dos meios de hospedagem e restaurantes de Águas de Lindoia e região irá realizar uma assembleia dia 30 de Novembro as 14:30H, na Rua Lamartine Emilio Barbosa, Nº 142, centro, Socorro para reivindicar direitos para os funcionários. Sr. Zé Fernandes pede a palavra e comunica que já participou de uma dessas assembleias e sugere que os empresários tenham uma ação forte para negociar com eles. Deise sugere levar o assunto para os núcleos e fazer um movimento. Então, Isabela comenta que adoraria repassar essas informações aos Núcleos, mas que cada vez mais o grupo vem diminuindo, comprometendo os trabalhos. Pede que os membros da reunião se esforcem solicitando para que os empresários participem com maior efetividades dos encontros, já que nas reuniões são trabalhadas as ações em conjunto para o grupo. Encerrando-se esse assunto, é iniciado então a constituição da associação de turismo. Então, é dito que a mesma foi criada para dar autonomia aos serviços do COMTUR, e assim inicia-se a assembleia geral para criação, onde Sra. Ana Luiza informa das principais atividades da Associação e é sugerido que a mesma diretoria que compõe o conselho seja a diretoria da associação, e essa decisão é aprovada. Na sequência a Associação é “batizada” em comum acordo pelos conselheiros com o nome de ASTUR (Socorrense de Turismo). Nada mais havendo a tratar foi encerrada a reunião e eu Deise Formagio Cavazan, secretaria deste conselho rediji e assino a presente ata juntamente ao Presidente, Vitório Zuccon.

Compartilhe:

Voltar