Ata 279

ATA 279- No décimo primeiro dia do mês de fevereiro, as 19h00, na sala dos conselhos Sr. Vivaldo Lopes Martins, o COMTUR- Conselho Municipal de Turismo, por intermédio do seu presidente Luiz Eduardo de Bovi dá inicio a reunião. Deise Formagio toma a palavra e faz a leitura da ata anterior, que é aprovada por unanimidade. Na sequência, o Presidente dá espaço para a equipe de rafting de Socorro para que apresentem a proposta conforme solicitado. Leonardo representante da equipe se apresentada aos conselheiros, e comenta que veio até a reunião para pedir um apoio do COMTUR e dos empresários no sentido de viabilizar a ida da equipe para os três campeonatos brasileiros de rafting o primeiro deve acontecer em Brotas, no mês de março, em Juquitiba no mês de junho e Sapucaia em Outubro. A equipe também solicitou ajuda para a compra do bote para que os mesmos possam fazer os treinos sem dependência das empresas que trabalham. Leonardo ainda relata que participaram do campeonato mundial na Argentina, onde ficaram em terceiro lugar e querem participar do Campeonato Mundial na Austrália. Diante de tal solicitação, Presidente sugere ao grupo procurar a Secretaria de Esportes para solicitar apoio. Charles sugere que a equipe se organize e inclusive vá até Brotas para tirar informações de uma equipe competidora que inclusive já se profissionalizou e ganhou alguns títulos. Encerrando o assunto da equipe de rafting, é falada sobre o Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos) do Ministério do Turismo, Deise fala que diante da dificuldade das empresas de turismo se cadastrarem no cadastur é que a Secretaria de Turismo solicitou a Secretaria de Fiscalização um apoio no sentido de exigir das empresas turísticas o CADASTUR no ato da renovação do alvará, a empresa terá até cento e vinte dias para apresentar este cadastro e caso não o apresente não terá o alvará renovado. Ainda neste assunto Zé Fernandes complementa que não entende o porquê das empresas não cumprirem, já que hoje é lei federal e inclusive o empreendimento pode ser multado caso não possua o cadastro. O Presidente ainda complementa que num futuro bem próximo teremos que lidar com o aluguel de chácaras que impacta diretamente no turismo de Socorro. Na comissão de marketing é informado que as reuniões acontecerão todas as segundas-feiras á tarde. Deise aproveita para passar um relatório de Janeiro da assessoria de imprensa dos clippings que saíram na mídia. Ainda no marketing o Presidente comenta da reunião que a comissão teve hoje, para discutir qual posição tomar em relação as muitas solicitações que o COMTUR tem recebido para apoiar diversos eventos, e ao invés de discutir os projetos um a um decidiu-se olhar o contexto de uma forma geral onde investir, como investir, foram divididos em três pilares o investimento dos R$150.000,00 (cento e cinquenta mil reais). A comissão recomenda aos conselheiros que 40% da verba sejam investidas em divulgação do destino como, por exemplo, participação de feiras, a vinda de jornalistas, compra de mídias, marketing digital, etc… 30% para eventos locais como Arraiá na Praça, Festival Gastronômico, Luzes de Natal, etc… e o restante dos 30% para projetos de conscientização, capacitação e estruturação do turismo. Após a explanação o Presidente comenta que a partir disso será feito um planejamento para aplicar essa verba da melhor maneira possível, para que todos os setores da cidade se beneficiem. Presidente questiona se todos estão de acordo com novo formato e todos concordam. Paulo César que é taxista na cidade se manifesta sendo favorável principalmente para projetos de conscientização da população, pois muitos não sabem o retorno que o turista traz a cidade e não sabem o que a cidade proporciona. Estela do jornal o município se manifesta e diz que o jornal está à disposição para fazer matérias que ativem a consciência turística; Seguindo com a pauta, Ligia faz um breve relato da atual situação do projeto Socorro 2029 e comenta que nas últimas reuniões o grupo avaliou o diagnóstico feito e que através deste documento foi possível levantar cerca de trinta e três projetos que devem ser detalhados. Presidente detalha alguns projetos para que os membros presentes tenham visibilidade do que está sendo discutido. Ligia fala que é muito importante que todos se envolvam neste projeto e comenta que todas as quintas-feiras, ás 15h00, a comissão tem se reunido na Sala dos Conselhos e pede para que os membros participem. No núcleo de aventura, o coordenador Charles, fala que o núcleo teve a primeira reunião do ano e os voadores participarem trazendo uma boa noticia que se legalizaram através da escola de voo Ronaventura. Sendo assim Ronaldo, Simone e Luciano pilotos se apresentam para os conselheiros, eles comentam que se regularizaram perante o poder público e agora podem oferecer o voo duplo de instrução. Ronaldo ainda comenta que nesta atividade a cidade tem campeão brasileiro e paulista e com isso o nome da cidade vem sendo divulgado e que querem agregar no turismo da cidade. Ainda na aventura Charles comenta que também foi falado sobre os erros de localização no aplicativo waze, e após muitas discussões, Jó o responsável pelo marketing da Feira de Malhas se dispõe a verificar possibilidades de fazer ajustes. Foi falado também sobre o primeiro encontro de canoagem realizado, de modo geral foi muito bom, Charles frisa que dia vinte e dois é dia mundial da água e que algumas ações devem ser feitas. Foi sugerido que o COMTUR faça um oficio para a Prefeitura, solicitando a retirada das placas irregulares no Rio do Peixe e a manutenção das placas. No núcleo de hospedagem, na ausência justificada de Rafael e Maurício, Junior do Hostel Socorro fala que o Bloco do turista, está sendo organizado e que cerca de 1.200 (mil e duzentos) abadás já foram encomendados. Deise aproveita para complementar que o guia do visitante está sendo atualizado e que deve sair em Abril e também fala que foi repassado nos núcleos o último informe publicitário que será veiculado no G1 falando sobre as opções de turismo existentes na cidade para fazer no verão. Os núcleos de gastronomia e rural não se reuniram ainda este ano. Presidente fala sobre a dificuldade de unir o setor gastronômico e os membros relatam sobre algumas ações que podem engajar o grupo, inclusive o turismo rural, desenvolver ações específicas. Daniel Rosa sugere que seja retomado o Festival Gastronômico Sabores da Roça. Aproveitando Acácio em nome do Centro de Lazer Pitauá convidou todos para um projeto de novas parcerias com Happy Hour na quinta- feira dia 14/02, á partir das 18h00. Aproveitando Daniel Rosa convidou todos os membros presentes na reunião para um Happy Hour de lançamento do quiosque da Germânia, á partir das 19h00. Henrique na palavra livre, fala que após o André assumir a presidência do Circuito das Águas, ele assumiu o cargo de gestão e resolveu vir compartilhar a notícia primeiramente em sua cidade. Ele comenta que está a disposição de todos. O presidente sugere um projeto macro para a regularização das chácaras na região e Henrique fala que um projeto do café já está sendo iniciado e que a ideia é desenvolver um projeto com uma rede de capacitação para a região. Após, o taxista na cidade Paulo César, faz um relato sobre a importância do setor turístico para o serviço, um dos motivos que o trouxe a reunião do COMTUR é solicitar uma capacitação turística aos taxistas, inclusive desenvolver um selo “Táxi amigo do turista”. Futuramente teremos um taxímetro e atualmente o aplicativo de táxi tem funcionado, esmo alguns taxistas estando arredios. Dia vinte e um, o taxista é convidado a participar da reunião do Projeto Socorro 2029; Ainda na palavra livre, Jó fala que recentemente visitou a cidade de Monte Verde e ficou surpreso com a taxa de visitação da cidade, principalmente turistas com alto poder aquisitivo, ele fala que após a sua visita ele ficou pensando no que as pessoas procuram e ele acha que a arquitetura, a sinalização diferenciada é o que encanta os turistas, então ele sugere alguns trabalhos mais efetivos nos casarões da cidade. Aproveitando, Zé Fernandes traz ao grupo sua nova aquisição, a colina dos sonhos, no bairro do serrote, que tende a ser um hotel fazenda com apelo muito parecido com a arquitetura e gastronomia de Monte Verde, já que a temperatura no bairro é 5°C a menos que o normal. Sem mais a declarar o presidente da por encerrada a reunião ordinária do mês de dezembro e eu Deise Formagio Cavazan redijo e assino  a presente ata junto com ao presidente Luiz Eduardo Bovi.

Compartilhe:

Voltar