Ata 284

 

Ata 284 – No décimo quinto dia do mês de Julho, ás 19h15, na sala dos Conselhos Sr. Vivaldo Lopes Martins, o COMTUR – Conselho Municipal de Turismo, por intermédio do seu presidente Luiz Eduardo Bovi dá início a reunião e faz leitura da ata anterior, onde solicita ao redator da mesma que faça algumas alterações e na sequência é aprovada. Seguindo, na comissão de marketing o assunto a tratar é o Abeta Summit, ficou certo que Socorro vai participar e a hospedagem não está inclusa, é preciso analisar quem irá participar, pois temos apenas seis (6) vagas. Eduardo informa que está vendo a possibilidade dele ir conhecer, Charles reforça a importância da presença do presidente no Abeta Summit e o presidente solicita uma reunião para definir discurso, uniformização para todos os participantes do evento, e José Fernandes acrescenta que o prefeito também quer fazer um texto para ser lido no Abeta. Na sequência, Sérgio Franco solicita a palavra e fala que será homenageado por ser o editor do ano da fundação onde Socorro participou quinze (15) anos seguidos, Eduardo sugere criar algo diferenciado para divulgar o produto de Socorro, como exemplo o evento de Serra Negra, que os empresários se uniram para pagar a Band ao vivo no evento. Já sobre a AVIRRP, Charles comenta que foi feito catálogo das agências receptivas, o Circuito de Malhas Outlet e o Shopping Moda de Fábrica vão participar, revezando a participação. Stela toma a palavra e fala de exemplos de campos para aproveitar em Socorro – totens para carregar celular, suporte de fotografia para casal e família, ruas sempre iluminadas e lembrando que precisamos de estratégias para atrair público com maior poder aquisitivo, Eduardo Bovi e Zé Fernandes ressaltam que receberam público com poder aquisitivo maior. Dando continuidade na pauta sobre a BMW, é dito que o público é elitizado, e é necessário uma proposta de auto nível para manter o evento na cidade todo ano, por exemplo oferecer local para hospedagem para não irem a outras cidades, trabalho de comunicação visual para tornar o evento atrativo no que tange a Socorro. O próximo item é sobre o Meio ambiente, onde é informado que o projeto rua viva está sendo bem aceito dentre os comerciantes, e seu objetivo é criar espaço de lazer para população e turistas, esse projeto é para atrair a mídia espontânea de todos e como segundo objetivo fortalecer o comércio e destacar Socorro como diferencial. Zé Fernandes diz que isso já aconteceu no passado, porém o comércio reclamou por causa dos bolsões de estacionamento. Eduardo comenta também que se a população engajar e apoiar o evento vai ter mais sucesso. Zé Fernandes fala que as falhas na época foram porque o comércio não quis abrir e a ação perdeu forças. O próximo item discutido é sobre formação de comissão para revisão do Plano Diretor de Turismo, Deise escolheu esse tema para desenvolver no curso APRECESP e está em contato com profissional da USP para desenvolver esse plano. Lígia fala do PMMA, para integrar ao plano diretor pois o PMMA vai dizer onde é possível fazer uso do espaço, solo empreendimentos e loteamento que valorize o terreno para não perder a característica da cidade. É preciso divulgar para as pessoas participarem e defenderem ideias de desenvolvimento sustentável. Discutiu-se sobre a importância de manter a atratividade da cidade e a relação entre desenvolvimento per capita e crescimento populacional, a conclusão do plano diretor tem que estar com um olhar de defender característica natural/histórica, e é ideal que empreendimentos / loteamentos seja construído com uma característica que atraia pessoas de alto nível, algo que melhore o padrão da cidade. Com o andamento da pauta, é informado que o coquetel do Luzes de natal não teve muita adesão e será necessário contato maior, mais próximo, corpo a corpo diretamente com proprietários. Dando continuidade na pauta sobre o asfalto nos bairros do Oratório e da Chave, a posição dos representantes é que o COMTUR está com outras prioridades com a verba DADE, por exemplo, o caminho da Usina e os outros corredores. Na sequência, Charles – representante do núcleo de Aventura, fala sobre a reunião que aconteceu no dia um de Julho (01/07) o representante comenta sobre o Extreme que vai acontecer no Rio do Peixe, já está feita a contratação de ambulância, o representante do evento vem para Socorro dia vinte e quatro de Julho (24/07) para acertar os detalhes, Charles também fala das pessoas mandarem informações por e-mail, repassar o formulário conheça Socorro novamente, a pesquisa está sendo feita pela guardinha, sobre a ação setembro com desconto, ira começar no ultimo final de semana de setembro e terminar em outubro. O Arraia foi positiva avaliação apesar do frio. Seguindo, Ronaldo comenta da falta de fiscalização, a prefeitura deve ter pessoas para fiscalizar voadores, Zé Fernandes argumentou que precisa somente ler a norma, Eduardo sugeriu que nós do turismo podemos criar um checklist e disponibilizar para fiscais, outra forma de provavelmente fazer a fiscalização acontecer (facilitar) ou exigir antes de liberar alvará de funcionamento laudos técnicos exemplo Corpo de Bombeiro, ABNT e outras regulamentações. É informado ainda que o 2 º Encontro de cerveja artesanal vai acontecer no Mirante da Pedra Bela Vista, dias 23, 24, 25 de Agosto, sobre o Abeta Summit Charles ficou de convidar e incentivar os integrantes do núcleo de aventura para participar no evento. O representante do núcleo de Hospedagem, fala sobre a reunião que aconteceu no dia dois de Julho (02/07), Mauricio fala do formulário de pesquisa, aguardando a reunião BMW para organizar as ações para receber o grupo. Após esta pauta é dada a palavra livre, onde Acácio comenta que até sexta terão a programação da festa de agosto, tem dificuldade para ter impacto no turismo dar-se a sugestão de contratar a EPTV, ficou de levantar os custos da Band e EPTV e radio CBN e Jovem Pam, de acordo com o prazo curto para a festa sugeriu-se os veículos de radio. Zé Fernandes destacou as ações assim necessitou mais planejamento para atrair público que se hospede e precisamos ter medição de cada ação, falou do acesso do novo site diminuindo os leads, ações na Jovem Pam, em rádios regionais atraírem um público de “bate e volta”. Luka sugeriu que se faça divulgação maior para arraia do que na festa de agosto, é colocado em votação e ficou decidido que não é uma boa ideia.  Então, ficou deliberado cinco mil (R$5.000) para aplicação na divulgação da festa de Agosto, e Candinho sugeriu ir às rádios da região e divulgar nos programas. Sem mais a declarar o presidente da por encerrada a reunião ordinária do mês de Julho, e eu Lígia Soares redijo e assino a presente ata junto do presidente Luiz Eduardo De Bovi.

 

Compartilhe:

Voltar