ATA 77

Ata 77 – COMUC – Às 19 horas e 10 minutos do dia 22 de Novembro de 2016, o Conselho Municipal de Cultura – COMUC, reuniu-se em sessão ordinária mensal no Palácio das Águias, à Rua Dr. Campos Salles, 177 – Centro – Socorro/SP. Mayara Nardes, secretária do COMUC, fez a abertura da reunião com a leitura da ata da reunião ordinária do dia 18 de Outubro de 2016 e da reunião extraordinária do dia 9 de Novembro de 2016, ambas aprovadas por unanimidade pelos membros do conselho. Em seguida foram discutidas e deliberada questões referentes à Eleição Biênio 2017-2018 e à representação dos núcleos. Dircineu de Lima, presente nesta reunião, declarou que continuará como representante titular do COMTUR no COMUC e que a suplência provavelmente ficará com a tesoureira daquele Conselho. Faltam ofícios do COMDEMA e Corporação Santa Cecília nomeando seus representantes. A chapa única para o biênio 2017-2018, composta por Beatriz Minozi Fischer – presidente, Ângelo Rafael Borin – vice-presidente, Mayara de Aguiar Nardes – 1ª secretária, e Giuliana Macedo – 2ª secretária, foi aprovada por unanimidade pelos membros presentes nesta reunião. A Secretária de Educação, Célia Viam, estava presente para esclarecer o ofício enviado ao COMUC sobre parceria com a Educação. Declarou que a aproximação entre Cultura e Educação é meta do Plano Municipal de Educação para os próximos dez anos e também meta estadual e federal. Célia diz que há poucas atividades culturais infantis. Ao que o Secretário de Cultura, Tiago Faria, discorda veementemente, comentando sobre as atividades que aconteceram durante o ano corrente: diversas oficinas, teatro, contação de histórias, etc. Para a Secretária de Educação a questão é que as atividades devem ser focadas nas escolas, possivelmente deslocando-as para as escolas rurais. Ficou decidido que o Secretário de Cultura enviará o calendário de oficinas e atividades do COMUC para o Conselho Municipal de Educação. As reuniões deste Conselho ocorrem às últimas segundas-feiras de cada mês e Célia deixa o convite à participação de todos. A Secretária ainda propõe direcionar algumas atividades dos COMUC para escolar específicas, ao passo que surge também a proposta de a Secretaria de Educação divulgar mais as atividades culturais para os alunos que atende, disponibilizar transporte, etc. Sobre a questão orçamentária para executar estas atividades, ela diz que como a prioridade são os adolescentes, atendidos pelo estado e não pela prefeitura, o estado pode fazer projeto para requerer a verba necessária. Sugere a organização de um festival cultural interescolar, envolvendo as escolas da zona rural, dizendo que a Secretaria de Educação pode destinar verba para compra de materiais para as oficinas do COMUC que tiverem reservas de vagas para alunos e a presidente do COMUC, Beatriz Minozzi, sugere que pensemos juntos neste projeto a partir de janeiro. A presidente vai providenciar resposta ao ofício estadual a respeito das atividades culturais disponibilizadas aos jovens e crianças. Em seguida, o Secretário de Cultura informa que o Projeto Guri encerrou as atividades do Polo Socorro por problemas financeiros do Governo do Estado. Prefeitura está tentando reverter politicamente a medida, caso não haja acordo, há possibilidade de o governo municipal arcar com o atendimento dos alunos que eram atendidos pelo Projeto. Iniciando a segunda parte da reunião, referente aos projetos em andamento, Beatriz parabeniza a representante do núcleo do Teatro, Giuliana Macedo, pelo resultado obtido nas oficinas, além de parabenizar a exposição que homenageia o Maestro Luiz Gonzaga Franco, organizada por Elsa Dias Domingues de Farias, que convida todos à visitação. O Secretário de Cultura, Tiago Faria, comenta sobre a possibilidade da criação de uma fanfarra municipal, ao que Felipe lembra que existia uma fanfarra na Escola Municipal Coronel Olímpio Gonçalves dos Reis, ao que é necessário verificar se os instrumentos ainda existem e estão em condições de serem utilizados neste novo projeto. Ângelo Adriano Correa comenta o sucesso que foi sua oficina do sábado anterior à esta reunião, dizendo que estiveram presentes mais de 30 pessoas de diversas cidades da região. Rosângela Politano convida a todos para a Festa em Louvor à Nossa Senhora do Livramento e São Benedito que acontecerá de 2 a 5 de dezembro. O representante do Coral Municipal, Ângelo Borin diz que também o Encontro de Corais foi muito elogiado, bom público e corais de qualidade. A seguir foi comentado sobre a Locomotiva Mogiana 208, cuja prefeitura teve bastantes gastos para trazê-la de volta à cidade, porém ela está sem cuidados, iluminação, sem acesso aos visitantes, etc. É necessário cobrar medidas referentes a esta questão, para tanto será enviado ofício para COMTUR e prefeitura. A oficinas do COMUC deste fim de ano foram publicadas no Diário Oficial da cidade. Beatriz pede ajuda para ampliar a divulgação das mesmas, lembrando que as inscrições para as oficinas devem ser feitas no Centro Cultural. Rafael Pompeu sugere que nestas fichas de inscrições para oficinas seja incluído se a pessoa é estudante e de qual escola. Acerca do Projeto Exposição de Presépios, Rosa Pereira pede apoio do COMUC, dizendo que Exposição acontecerá em 2017, com acervo de 50 peças de vários países; pretende-se desenvolver um trabalho com os artistas da cidade em 2017, para que as obras criadas sejam incluídas na exposição. Giuliana Macedo diz que alunos e público estão pedindo mais uma apresentação da peça Forfé na Roça, resultado de sua oficina de teatro. Ficou decidido que será reapresentada no dia 14 de janeiro às 20h30 no Teatro. Sobre o Festival de Verão, prefeitura retirou do calendário por corte de verbas, o Secretário de Cultura, porém, tentará organizar um festival reduzido, com artistas locais e utilizando os recursos estruturais que temos disponíveis. Ele informa ainda que a abertura do Luzes de Natal será no dia 3 de dezembro com o coro das crianças e banda formada por, além do próprio Tiago, alunos do Conservatório de Socorro e outras atrações. Ao final da reunião foi discutido o corte de verba para o orçamento do COMUC em 2017, tendo sido reduzida para R$30mil. A solução apresentada pelo Secretário de Cultural para pelo menos mantermos o mesmo patamar orçamentário de 2017 é usar R$20mil da pasta da Secretaria de Cultura, antes da verba do COMUC. Encaminhando ao fim da reunião, a presidente, Beatriz Minozzi, lembrou que a última reunião do COMUC este ano será no dia 13 de dezembro e que haverá, após, uma confraternização. Pede aos membros que cada um traga um prato e bebida. Não havendo mais nada a tratar, a reunião foi encerrada.

Compartilhe:

Voltar