Alunos da Rede Municipal de ensino visitam estação de tratamento de esgoto de Socorro

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em Parceria com a Sabesp, realizou uma palestra sobre a importância da estação de tratamento de esgoto e visita com os estudantes à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Socorro, nos dias 7 e 8 de maio. Compareceram 35 alunos do 5º ano da EM “Prof. Eduardo Rodrigues de Carvalho” e 25 alunos do 5º ano da EM “Profª Esther de Camargo Toledo Teixeira”.

A atividade foi dividida em duas partes, na manhã de terça-feira (07), os alunos assistiram a uma palestra ministrada pelo gestor de responsabilidade socioambiental da Sabesp, Paulo Sergio Alves de Brito, o qual explicou sobre a importância do tratamento do esgoto, a qual é importante para não haver danos ao meio ambiente e nem à saúde humana, em decorrência da poluição de rios e lagos e consequente extinção de animais, bem como da contaminação de doenças.

Na manhã de quarta-feira (08), conheceram de perto o sistema que trata o esgoto. Acompanhados por Paulo Brito especialista da SABESP, os estudantes presenciaram  passo a passo do tratamento da rede de esgoto, desde sua captação até o retorno da água ao rio. Os resíduos são separados através da proliferação de microrganismos que se alimentam da matéria orgânica do efluente.

De acordo com a Sabesp, o método remove até 95% dos dejetos, percentual considerado seguro para devolução da água ao rio.

Na zona rural, uma das soluções é a implantação de biodigestores, sistema de tratamento que não utiliza produtos químicos e funciona a partir da decomposição da matéria orgânica feita por bactérias que atuam na falta de oxigênio (sistema anaeróbico). Neste caso, o tratamento independe da Sabesp.

 

Compartilhe:

Voltar