Campanha de vacinação contra Influenza vai até 26 de maio

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, doença popularmente conhecida como gripe, está sendo realizada em sete postos de saúde do município, de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h.

Os pontos de vacinação são os seguintes: Centro de Saúde II (Posto Central), UBS Jardim Araújo/Teixeira, ESF Aparecidinha, ESF Oratório, ESF Santa Cruz, ESF São Bento e ESF Vila Palmira.

Excepcionalmente no dia 13 de maio, sábado, também haverá vacinação nestes locais, em horário estendido, das 08h às 17h. A campanha vai até dia 26 de maio, última sexta-feira do mês.

A Influenza é uma doença viral que afeta o sistema respiratório, transmitida ao falar, tossir, espirrar ou de forma indireta por meio das mãos que, após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias, pode levar o vírus direto à boca, olhos e nariz.

A doença é responsável por elevada mortalidade em pessoas de maior vulnerabilidade. Alguns grupos, como idosos, crianças pequenas, gestantes e pessoas com doenças crônicas possuem maior risco de desenvolver complicações.

A vacinação é a intervenção mais importante na redução do impacto da Influenza.

A Campanha de Vacinação é voltada para: pessoas com mais de 60 anos, crianças entre 6 meses e 5 anos de idade, gestantes, trabalhadores da área de saúde, professores e pessoas portadoras de doença crônica.

Também têm prioridade mulheres que deram à luz num período de até 45 dias atrás, mediante apresentação de documento comprobatório, como cartão de gestante ou certidão de nascimento do recém-nascido.

Campanha contra Febre Amarela continua

As vacinações contra Febre Amarela continuam acontecendo nos postos de saúde e, ao longo da próxima semana, serão aplicadas também nos PAS das Lavras de Cima (terça-feira, dia 09/05) e do Jaboticabal (quarta-feira, dia 10/05), das 15h às 19h.

Para se vacinar, basta comparecer em posse de documento com foto e caderneta de vacinação (quem a tiver).

Até o momento, não há nenhum caso da doença em humanos registrado em Socorro. A única suspeita teve resultado negativo, de acordo com a Vigilância Epidemiológica.

Para mais informações sobre ambas as campanhas, deve-se entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima.

Compartilhe:

Voltar