Campanha de vacinação contra sarampo e paralisia infantil é prorrogada até dia 14

Município ainda não atingiu a meta de 95% de crianças vacinadas


Equipe do Centro de Saúde, uma das unidades onde as vacinas estão sendo aplicadas

Seguindo recomendação do Ministério da Saúde, o Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de Socorro anunciam a prorrogação da campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite (paralisia infantil) até o dia 14 de setembro, para atingir a meta de 95% de imunização em crianças com idade entre um ano até menores de cinco anos.

Até o momento, a cobertura vacinal em Socorro é de 87% contra o sarampo e 88% contra a poliomielite. As doses continuam sendo aplicadas nas mesmas unidades de saúde – Aparecidinha, Jardim Araújo, Oratório, Salto, Santa Cruz, São Bento, Vila Palmira e Centro de Saúde (Posto Central) – de segunda a sexta, das 8h às 16h. Por ora, não está previsto um novo mutirão.

Embora as crianças sejam o público-alvo da campanha, todas as pessoas devem se vacinar. Adultos com até 29 anos devem ter tomado duas doses da vacina tríplice viral ao longo da vida. Já para os maiores de 30 anos, apenas uma dose é considerada suficiente.

Os pacientes devem levar a carteira de vacinação ao comparecer às unidades de saúde. Quem não a possuir, deve apresentar um documento com foto.

“É muito importante que os pais levem seus filhos para tomar a vacina”, afirma a chefe do serviço de saúde da família de Socorro, Alana Franceschetti. De acordo com especialistas, o percentual de 95% de cobertura vacinal em crianças impede o surgimento de novos casos da doença.

Até o momento, Socorro permanece sem registro de casos de sarampo ou poliomielite.

Compartilhe:

Voltar