Campanha resulta em coleta de 12 mil embalagens de agrotóxicos

Material foi levado para a cidade de Valinhos, onde terá destinação adequada


Coleta de embalagens foi suficiente para encher mais de um caminhão

A mobilização da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em ação conjunta à Casa da Agricultura de Socorro e às empresas Agro1000, Formosa, Zanesco Agro e Agro Minas resultou na coleta de 12.890 embalagens vazias de agrotóxicos, materiais que não fazem parte do sistema convencional de reciclagem.

A Campanha de Devolução de Embalagens de Agrotóxicos teve a participação de trinta produtores rurais socorrenses no dia 18 de outubro, das 8h às 12h, no Centro de Exposições “João Orlandi Pagliusi”. O material foi enviado para a cidade de Valinhos, onde terá destinação ambientalmente adequada.

“Encaminhamos as embalagens para a Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas de São Paulo (ADIAESP), onde é feito todo o procedimento dentro das normas legais”, explica a coordenadora de Desenvolvimento Rural, Giulia Defendi.

A campanha é realizada anualmente e tem crescido a cada ano. Em relação a 2016, foram recolhidas 276 embalagens a mais. “Temos que conseguir a adesão de todos os produtores que usam agrotóxicos, pois haverá dano zero ao meio ambiente”, ressalta o secretário de Meio Ambiente, João Preto de Godoy.


Casa da Agricultura de Socorro foi um dos parceiros da iniciativa

Compartilhe:

Voltar