Centro Empresarial será instalado no Bairro do Oratório

Centro Empresarial

Com a finalidade de ampliar para o município o recebimento maior de ICMS, IPI, IE e outros, gerar novos empregos, melhorar a renda do cidadão, e desenvolver a economia local, como um todo, a Prefeitura Municipal da Estância de Socorro, através de um minucioso trabalho de análise e estudos, em ação conjunta do Prefeito André Bozola, com a Secretaria dos Negócios Jurídicos, Secretaria de Gestão e Diretoria de Indústria e Comércio da municipalidade, foi elaborado projeto para criação de um Centro Empresarial no Bairro do Oratório.

A essa ação teve o decreto nº 3379/2014, ficando aprovado o projeto de criação do Parque Empresarial contido no processo nº 6423/2013, e após a publicação foi autorizado o procedimento da desapropriação da área indicada no referido processo, em vigor à partir da data de sua publicação, fato que se deu na página 02 do Jornal Oficial de Socorro, em 03 de outubro de 2014.

O decreto nº 3382/2014, em seu teor declarou de utilidade pública para fins de desapropriação por via judicial, área de terra urbana que especifica, em que André Bozola, prefeito municipal da Estância de Socorro, no uso de suas atribuições legais, e nos termos da Lei orgânica, art. 68, inciso VIII, e o decreto-lei federal nº 3.365, de 12 de junho de 1941, decretou para fins de desapropriação uma área total superficial de 163.085,82, da matricula nº 13.310 do Cartório de Registro de Imóveis de Socorro, do proprietário Geraldo Alves Barbosa.

A referida desapropriação do terreno, tem por finalidade a construção de um Centro Empresarial no imóvel citado, que se localiza no sentido cidade-bairro da Estrada Municipal do Bairro do Oratório SCR-320.

De acordo com o Secretário dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Francisco Cabral Teves,  o projeto foi efetivado após concordância da análise inicial, seguido de aprovação da desapropriação da área. Posteriormente com a criação do Parque Empresarial será empreendido um trabalho promocional motivador junto a empresas interessadas, enfatizando os benefícios que Socorro possa proporcionar as empresas que se instalarem no município.

Compartilhe:

Voltar