Computadores auxiliam aprendizado de alunos das escolas municipais Camanducaia e Agudo

Computadores nas Escolas do Campo

Alunos dos jardins I e II e também do ensino fundamental de segundo a quinto ano das Escolas do Campo Camanducaia e Agudo contam com a ajuda de computadores portáteis durante as aulas desde o ano passado. O Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) e também do Programa Nacional de Educação do Campo (PRONACAMPO), enviou 40 unidades para Socorro em 2013. O objetivo é promover a inclusão digital e o uso pedagógico da informática nas escolas da zona rural.

Após a implementação dos laptops, as aulas ficaram mais envolventes e os alunos passaram a prestar mais atenção nos conteúdos aplicados, estimulados pela dinâmica da tecnologia que para muitos é novidade. Com os minicomputadores, realizam produções textuais, treinam digitação e são desafiados em jogos de raciocínio. Nas escolas ainda não há internet, mas a conexão será providenciada. Alguns alunos salvam seus trabalhos em pen-drives e continuam a fazê-los em casa. Outros só foram apresentados a um computador por meio dos laptops da escola.

A diretora das Escolas do Campo, Rosângela Fiola de Moraes, espera que mais computadores portáteis cheguem a Socorro, pela importância que têm no desenvolvimento das aulas e do aprendizado das crianças.

Compartilhe:

Voltar