Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica da Guarda Municipal completa um mês de atuação e recebe apoio de juíza

O Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica – GEVID/SOS, da Guarda Civil Municipal, está completando um mês de atuação e já atendeu a diversos casos, em sua maioria de desinteligência doméstica entre casais ou familiares.

Na quinta-feira (01), a equipe do GEVID/SOS, formada pelos GCMs Tortelli, Célia e Ana Maria, se reuniu no Fórum com a Dra. Fernanda Yumi Furukawa Hata, juíza da 1ª Vara da Comarca de Socorro. Também estavam presentes na reunião o secretário de Segurança e Defesa da Cidadão, Willhams de Morais e Flávio Godoi, escrevente da 1º Vara da Comarca de Socorro.

“A juíza enalteceu o trabalho do GEVID/SOS e pretende colaborar com o envio de diligências, assim como orientar sobre os atos necessário para manutenção da segurança das vítimas” – comentou o secretário Willhams de Morais.

A juíza aproveitou a reunião para estender um convite aos agentes do GEVID/SOS, para que participem do curso de Justiça Restaurativa, oferecido pelo Judiciário, que deve acontecer em 2019. Justiça Restaurativa é uma técnica de solução de conflitos e violências que se orienta pela criatividade e sensibilidade, a partir da escuta dos ofensores e suas vítimas.

Compartilhe:

Voltar