Museu Municipal inicia as gravações de documentário sobre a Revolução de 32

O artista na pintura do quadro “O Tempo”

O artista na pintura do quadro “O Tempo”

No último dia 30 de Março, o Museu Municipal iniciou as gravações do documentário “A Batalha dos Francos – O Conflito Esquecido”. Com apoio da Divisão de Cultura e Departamento de Comunicação Social, o projeto concorre ao prêmio “Memórias Brasileiras” do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus).

O documentário aborda a contribuição dos socorrenses no esforço de guerra e o espírito de sacrifício de  quatro voluntários do Batalhão 23 de Maio mortos no trecho Lindóia-Socorro, em Agosto de 1932.

O primeiro dia de gravações contou com os depoimentos de Lourdes Picarelli (Voluntária na Casa do Soldado), Irma Rovesta (Voluntária na Casa do Soldado) e Antônio de Pádua Báfero (Professor Universitário da UNICAMP e autor do livro “Carta ao Soldado 237”).

A direção é de Derek Destito Vertino, com roteiro de Antônio de Pádua Báfero e Gravação, Edição e Narração, Rafael Pompeu.

Outra novidade é que o Museu recebeu no último dia 05 de Abril o quadro “O Tempo” do artista plástico Ulysses Farias. A operação contou com seis pessoas e a obra tem a dimensão 3.50m x 2.50m, mostrando a criatividade, técnica e genialidade deste grande artista. Ficará exposto no anexo moderno do Museu Municipal.

Compartilhe:

Voltar