Compartilhe:

Acúmulo de entulhos é propício para alojamento e reprodução de escorpiõesFuncionários da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Sanitária, e também dos Departamentos de Meio Ambiente e Fiscalização, estão realizando mutirões e encontros preventivos para tratar do risco que os escorpiões oferecem ao ser humano, aumentado na época das chuvas.

De hábitos noturnos, os escorpiões costumam se alojar em frestas de muros, no meio de pedras, telhas, tijolos e entulho. A maior incidência de chuvas, entretanto, torna tais locais inviáveis para a espécie, que então sai desses esconderijos em busca de outros mais secos e igualmente escuros, como sapatos, caixas, roupas, gavetas, armários etc.

Diante dessa situação, as equipes da Prefeitura de Socorro estão realizando visitas a vários bairros, principalmente onde já houve foco de escorpião, levando aos munícipes informações e orientações de prevenção e combate ao animal. O objetivo é evitar a ocorrência de acidentes.

É importante que além das campanhas e ações do governo municipal, a população tome o cuidado necessário seguindo as orientações estabelecidas pelos profissionais nas incursões realizadas.

Em Socorro, o tipo de escorpião mais comum é o amarelo, cientificamente denominado Tityus Serralatus. Em caso de acidente com essa espécie, a vítima deve procurar atendimento médico imediatamente, já que o único tratamento eficaz é a aplicação de soro antiescorpiônico.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3855-9677, com o Departamento de Meio Ambiente.

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES