Prefeitos do Circuito das Águas pedem criação de microrregião separada de Campinas

O prefeito de Socorro e presidente do Circuito das Águas Paulista, André Bozola, compareceu ao Palácio dos Bandeirantes em São Paulo, sede do Governo do Estado, na terça-feira (07/07), acompanhado de representantes das cidades integrantes do consórcio turístico: Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro.

O Circuito das Águas pede ao Governo do Estado que seus municípios sejam reconhecidos como uma microrregião, separada da região administrativa de Campinas, no Plano SP, devido à realidade de seus números relacionados à pandemia de Coronavírus.

Segundo o que foi estabelecido pelo decreto estadual, caso continuem sendo considerados da região de Campinas, os municípios do Circuito das Águas têm que se adequar às regras da fase “vermelha” do Plano SP. Caso o reconhecimento da microrregião aconteça, o Circuito das Águas Paulista estaria na fase “amarela”.

Os representantes do Circuito das Águas foram recebidos por Rubens Cury, secretário executivo de Desenvolvimento Regional. Em nome do Governo do Estado, o secretário se comprometeu a avaliar a solicitação dos municípios.

Compartilhe: