Prefeitura apresenta ao DAEE projetos para desassorear córregos e lago

Objetivo é aumentar vazão dos cursos d’água e evitar enchentes e deslizamentos


Lago da Pompeia. Foto: Rafael Pompeu

Tendo em vista o início do período de chuvas, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável protocolou junto ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), órgão do Governo do Estado de São Paulo, quatro projetos de desassoreamento que incluem três córregos e um lago.

A medida visa a aumentar a vazão dos cursos d’água e evitar a ocorrência de enchentes ou deslizamentos. Ao todo, deverão ser desassoreados 7.218 metros cúbicos (m³). A apresentação dos projetos tende a dispensar a necessidade de outorga (licença) do DAEE para a execução dos serviços.

Os córregos listados são: Barbosa, localizado no Parque A.F. Barbosa, total de 500 m³; Machado, trecho da Avenida Irmãos Picarelli até Avenida Brasil – Jd. Santa Cruz, total de 5.520 m³; Santa Cruz, no próprio bairro, total de 98 m³. Além do lago da Pompeia, mais 1.100 m³.

Os projetos foram protocolados no DAEE dia 18 de setembro. “A dispensa da outorga possibilita maior agilidade na realização do serviço, uma vez que o período de maior incidência de chuvas se aproxima”, explica o secretário de Meio Ambiente, João Preto de Godoy.

Compartilhe:

Voltar