Prefeitura, COMDER e Cati entregam quinze fossas sépticas a produtores rurais

A Prefeitura de Socorro, através do Departamento de Desenvolvimento Rural, e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (COMDER), em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral de Socorro (Cati), entregaram na noite de quinta-feira (21), quinze conjuntos de fossas sépticas a produtores rurais vinculados a associações de bairro. A entrega foi realizada no Espaço do Produtor Rural “Engenheiro Agrônomo Joaquim Gilberto Vieira” e teve a presença do vice-prefeito Edelson Teves. Ao todo, mais de 120 produtores rurais já receberam fossas sépticas, sendo 70 através de programas diversos e 55 por meio do COMDER. O evento também contou com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

As fossas sépticas, ou fossas biodigestoras, funcionam de modo simples: três caixas com capacidade de mil litros são ligadas por tubos de PVC e aterradas em 80 centímetros. Com uma mistura de dez litros de água e esterco bovino fresco o sistema consegue tratar a água sanitária durante um mês inteiro. A água tratada pode então ser liberada em córregos, ribeirões ou mesmo no solo, sem oferecer qualquer risco de contaminação; também pode ser utilizada para irrigação, exceto de hortaliças.

Segundo o presidente do COMDER, Alfred Herbert, os quinze conjuntos de fossas sépticas foram adquiridos com recursos próprios do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural – órgão do qual é gestor. Os proprietários foram escolhidos pelas associações dos bairros Cubas, Ribeirão dos Machados, Chave, Pereiras e Jaboticabal e terão até 90 dias para instalarem as fossas. “Sabemos que os conjuntos de fossas sépticas biodigestoras já entregues não resolvem o problema de saneamento na área rural, mas já é um começo” – comenta Herbert.

De acordo com o diretor do Departamento de Desenvolvimento Rural, Paulo Lorensini, embora seja antigo, esse sistema é considerado até hoje o melhor que existe para tratamento de esgoto domiciliar. “A zona rural ainda sofre com a falta de tratamento correto de esgoto e as fossas sépticas podem ser uma importante aliada para solucionar esse problema” – e conclui  – “A importância da fossa séptica para a saúde pública é crucial, muitas doenças são transmitidas através da contaminação do ambiente em que vivemos e por isto é importante tratar bem toda a água que retorna para a natureza. Entre as principais funções da fossa séptica está a não poluição dos mananciais”.

Compartilhe:

Voltar