Prefeitura e Promotoria de Justiça entregam aparelhos auditivos a idosos de Socorro

A Prefeitura de Socorro, através da Secretaria Municipal de Saúde, entregou 59 aparelhos auditivos de dez canais para trinta pacientes com mais de sessenta anos em Socorro. A ação judicial foi iniciada pelo promotor de Justiça Dr. Rafael Amâncio Briozo que, devido à demora na entrega dos equipamentos aos idosos pelo governo estadual, determinou o sequestro do valor necessário para a aquisição. A Secretaria de Saúde informou os idosos que necessitavam do equipamento e realizou a contratação da clínica especializada para realizar os atendimentos.

A clínica contratada possui equipamento de ponta e sala acústica climatizada e acessível a cadeirantes, o que dispensa as sufocantes cabines. Sem dizer da comodidade para os pacientes que não precisam viajar para manter os aparelhos em ordem ou realizar os exames auditivos necessários.

Segundo informações das fonoaudiólogas Ana Célia Araujo Martinez e Mônica de Lima Araújo, os equipamentos adquiridos são melhores que os fornecidos pelo SUS, e são superiores aos adaptados na PUC, Unicamp e outras instituições. As adaptações dos aparelhos foram realizadas entre agosto e setembro de 2018.

“Eles têm mais recursos, trazendo maior conforto auditivo aos pacientes, aumentando a discriminação dos sons e facilitando a sua adaptação. São aparelhos mais “inteligentes”, que não amplificam ruídos ambientais que interferem nos sons de uma conversação, por exemplo” – disse Ana Célia.

“Nós agradecemos o apoio da Promotoria de Justiça para a aquisição desses equipamentos, assim como o trabalho desempenhado pelas fonoaudiólogas, que colaboraram no atendimento desta importante demanda de nossos idosos, proporcionado a eles melhor qualidade de vida” – comentou Ricardo Lopes, secretário municipal de Saúde.

Compartilhe:

Voltar