Compartilhe:

Dedetização em residências com casos confirmados de dengueA Vigilância em Saúde da Prefeitura de Socorro e a SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias – iniciaram segunda-feira (06) o procedimento de nebulização no município de Socorro. Trata-se de uma ação que aplica produto químico contra o mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti, em forma de neblina.

Nos primeiros dias houve um treinamento especial integrado pelas equipes da Vigilância com os representantes da SUCEN, como forma de adaptação da atividade e treinamento.

Na sequência, as equipes da empresa Marinalda de Souza, especializada em pulverização, acompanhadas das equipes da Vigilância Municipal, executam o procedimento, que seguirá por 90 dias em locais determinados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Durante a ação, as equipes da Prefeitura visitarão residências onde foram detectados focos e portadores da doença, após os casos suspeitos, num raio de 500 metros em torno da residência com o portador de dengue.

A Secretaria Municipal de Saúde pede aos moradores dos locais estabelecidos para a pulverização que:

– Guardem em lugar fechado ou cubram qualquer tipo de alimento, depósito de água ou material de cozinha;

– Cubram ou retirem roupas limpas e/ou penduradas no varal (mesmo que molhadas), bebedouros e comedouros de animais e gaiolas de passarinhos, aquários;

– Retirem ou dobrem roupas de cama e toalhas das mesas;

– Mantenham abertas as portas, janelas e cortinas para facilitar a ação do inseticida dentro de casa;

– Durante a aplicação do inseticida, permaneçam na calçada do outro lado da rua, juntamente com todas as pessoas da casa; se possível, colocar também os veículos na rua;

– Retornem para dentro da casa somente 30 minutos após a aplicação;

– No caso das pessoas doentes e acamadas, mantenham portas e janelas do quarto fechadas durante a aplicação do inseticida, abrindo-as somente 30 minutos depois.

De acordo com a Secretaria de Saúde/Vigilância em Saúde, o inseticida pulverizado está diluído em água e matará apenas os mosquitos que estiverem na casa no momento da aplicação. Portanto, é muito importante evitar que outros mosquitos se criem, eliminando todos os recipientes que contenham ou venham a conter água parada.

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES