Compartilhe:

Prefeito André Bozola prestigiou primeira edição da Feira Orgânica de SocorroA Feira Orgânica de Socorro foi inaugurada no sábado (02) com um bom número de consumidores presentes, 347, no total. A primeira edição da feira reuniu os primeiros produtores interessados em participar do projeto. Segundo o diretor do Departamento de Desenvolvimento Rural, Paulo Lorensini, “mais produtores terão interesse em expor seus produtos à medida que o evento cresça.” – no sábado, todos os alimentos expostos foram vendidos.

A Feira Orgânica é realizada no Espaço do Produtor Rural “Engenheiro Joaquim Gilberto Vieira”, onde funcionava o almoxarifado da Prefeitura, das 07h ao meio-dia, sempre aos sábados. O evento inaugural foi prestigiado por autoridades, como o prefeito André Bozola, o promotor de justiça Dr. Elias Francisco Baracat Chaib, a vereadora Bernadete Moraes e o fiscal federal do Ministério da Agricultura, Marcelo Laurino.

Laurino elogiou a criação da Feira Orgânica e falou da sua importância: “Os produtos chegam mais frescos e com maior qualidade e os preços são mais satisfatórios tanto para produtores quanto para consumidores. Isso é muito importante no mundo atual, onde não fazemos a menor ideia de quem são as pessoas ou empresas que produzem os alimentos que consumimos e fornecemos aos nossos filhos”, ressaltou.

Com a criação da Feira Orgânica, agora Socorro tem duas feiras aos finais de semana, pois a tradicional Feira Livre continua no calendário, aos domingos, comercializando produtos de qualidade do campo e da cidade a preços mais acessíveis que os orgânicos.

O produto orgânico é mais saudável porque em todo seu processo de produção não recebe a aplicação de agrotóxicos ou similares. Neste tipo de agricultura, utilizam-se apenas sistemas naturais de fertilização do solo e combate às pragas, conferindo ao alimento qualidade superior.

Selo Município Verde

A criação da Feira Orgânica em Socorro também é importante para que a cidade aumente a sua pontuação no Programa Município Verde, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que certifica os municípios com consumo sustentável, avaliados em um ranking que vai de zero a cem.

Atualmente, Socorro tem pouco mais de 50 pontos. Para obter o selo, a pontuação precisa ser superior a 80. Segundo o diretor do Departamento Municipal de Meio Ambiente, Marcelo Savoy, a meta é atingir os 80 pontos até outubro para receber o Selo Município Verde no final do ano.

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES