Secretaria de Educação apresenta Base Nacional Curricular para gestores do setor em Socorro

Implantação das diretrizes para ensino na Educação Básica acontece a partir desta terça-feira, 6 de março


Equipe da Secretaria de Educação explica pontos da BNCC a gestores escolares

A Secretaria de Educação convocou os gestores das escolas municipais, estaduais e particulares para uma reunião no dia 1º de março, quinta-feira, a fim de apresentá-los a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que a partir do dia 6 estabelece diretrizes para a Educação Básica – ensinos infantil e fundamental – em todas as escolas do país.

Além de explicar a importância da Base para o pleno desenvolvimento do conhecimento e de habilidades nos alunos, a reunião também visou a orientar os gestores sobre que atividades propor na data de implantação da BNCC.

O documento é referência curricular obrigatória, mas cabem aos estados e municípios a revisão e readequação de seus respectivos currículos e propostas pedagógicas.


Documento tem abrangência nacional e se aplica a escolas públicas e particulares

O que é a BNCC

A Base Nacional Comum Curricular tem origem a partir do Plano Nacional de Educação, elaborado em 2014. Desde então, o documento foi lapidado em três versões, sendo a versão inicial formulada com participação de 12 milhões de pessoas. Já a segunda versão teve a contribuição de 9 mil professores e especialistas em educação, sendo debatida nos 27 estados da Federação.

Finalmente, a última versão foi consolidada pelo Conselho Nacional de Educação, após a realização de cinco audiências públicas pelo Brasil – uma audiência em cada região (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste).

O Ministério da Educação (MEC), então, homologou o documento em 20 de dezembro de 2017. Além de fornecer as diretrizes para a metodologia de ensino nas escolas, a BNCC também orienta políticas para a formação de professores, produção de material didático e sistema de avaliação.

De acordo com o MEC, a Base Nacional Curricular define as aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo da Educação Básica – de forma progressiva e por áreas de conhecimento (linguagens, ciências humanas e da natureza, matemática etc.)

O documento tem o propósito de atender ao previsto na Constituição Federal de 1988 no tocante à Educação, ou seja, permitir o pleno desenvolvimento da pessoa, que ela esteja apta para exercer sua cidadania e que seja qualificada para o trabalho, de modo que se construa uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

Clique aqui para acessar a Base Nacional Comum Curricular na íntegra

Para mais informações, acesse http://basenacionalcomum.mec.gov.br/

Compartilhe:

Voltar