Secretaria de Saúde realiza a campanha Fique Sabendo neste sábado em Socorro

Campanha realiza testes rápidos de sífilis e HIV

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Socorro realizará a Campanha Estadual do Fique Sabendo 2018 no sábado, dia 1º de dezembro, considerado o Dia Mundial de Combate a Aids. O evento ocorrerá das 8h às 14h no Palácio das Águias (antiga Prefeitura), rua Dr. Campos Salles, 177, e tem o objetivo de oferecer às pessoas os testes rápidos de Sífilis e HIV, para que elas fiquem sabendo do seu status sorológico, tenham o diagnóstico precoce destas doenças, tirem o peso da dúvida, com total garantia de sigilo, confiança e qualidade no processo de diagnóstico. Nos casos de diagnóstico positivo, as pessoas serão devidamente acolhidas, com aconselhamento individual, acesso ao tratamento, melhor qualidade de vida e garantia dos direitos humanos à saúde.

A campanha Fique Sabendo tem foco na prevenção das doenças sexualmente transmissíveis através de esclarecimentos com o fornecimento de orientações sobre métodos de prevenção para sensibilização quanto à prática sexual segura e oferecer garantia de atendimento aos portadores do vírus. E aqueles que praticam sexo sem preservativo, devem estar ainda mais atentos à realização dos testes rápidos, pois o risco de se contrair uma doença nessas situações é iminente.

A Sífilis e a infecção pelo HIV, são doenças que em muitas vezes passam despercebidas na vida das pessoas, até o momento em que, os sinais e sintomas começam a aparecer e a doença se manifestar, em geral tardiamente com graves consequências para a saúde das pessoas. Durante esta fase de invisibilidade as pessoas estão involuntariamente transmitindo a doença. Sabemos que estas transmissões podem acontecer através de relação sexual desprotegida, sem uso de preservativos, compartilhamento de objetos perfurocortantes, piercings, materiais de tatuadores, manicure, pedicure e acupuntura, seringas e agulhas compartilhadas e contaminadas e ou, ainda, da mãe infectada para o bebê durante a gestação ou no momento do parto. No caso do HIV, a transmissão pode ocorrer também durante a amamentação.

Compartilhe:

Voltar