Seja você também um Lar Temporário

Secretaria de Meio Ambiente, Ong Bicho é Bom e Protetores intensificam campanha do “Lar Temporário”

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em parceria com a Ong Bicho é Bom e protetores independes, pede a colaboração da comunidade para conhecer o projeto “Lares Temporários”, cujo objetivo é  acolher cachorros das ruas do município, dando a eles um lar temporário até o momento de sua adoção.

Quem tem animais sabe como é uma delícia vê-los crescendo saudáveis, felizes e equilibrados. Infelizmente, essa não é a realidade de parte dos cachorros do município. Pelos mais variados motivos, todos os dias, vários animais são abandonados, sendo que a maioria é imediatamente transferida ao Canil Municipal.

Com área de lazer para passeio e banho de sol dos animais, além de ambulatório para atendimento veterinário, o canil, contudo não possui capacidade para abrigar todos os animais da cidade. Por esse motivo, a Prefeitura, em parceria com ongs e voluntários,  convida a população a participar de mais está ação.

O lar temporário é uma opção solidária para ajudar a reduzir o número de animais abandonados e desabrigados. Todos podem fazer parte dessa iniciativa! É só entrar em contato com a ONG Bicho é Bom para escolher o animalzinho que ficará na sua casa enquanto ele não for adotado por uma família definitiva.

Parceiros da Prefeitura, a ONG Bicho é Bom e os protetores independentes promovem regularmente feiras de adoção e, aos domingos, das 15h às 17h, levam os cachorros para passear. Neste mesmo horário, o Canil é aberto para visitação, também permitida de segunda a sexta, das 14h às 16h.

O que preciso fazer para oferecer lar temporário a um animal?

Para oferecer um lar temporário você precisa ter mais de 18 anos e o consentimento de todas as pessoas que moram junto com você, além de ser capaz de sustentar o novo animal, afinal, podem demorar algumas semanas e talvez meses, até que ele encontre uma nova casinha. Se você está pensando em abrir sua casa para um cachorro, é essencial que você more em uma casa segura, de onde o cão não consiga fugir. Além disso, é importante que você se comprometa a cuidar daquele bichinho como se fosse seu. Se perceber algo de errado, o ideal é ligar para a ong responsável por ele imediatamente, assim conseguirá agir rápido caso o animal precise de ajuda.

Interessados em fazer doações para o Canil ou em adotar um cãozinho devem procurar pelo Facebook ONG Bicho é Bom ou entrar em contato pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, localizada na Avenida José Maria de Faria, 71, no Centro Administrativo Municipal, ou entrar em contato pelo telefone (19) 3855-9617.

Compartilhe:

Voltar