Compartilhe:

redimensionadaO prefeito André Bozola esteve presente no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado, em São Paulo, no dia 25 de novembro, para assinatura de quatro convênios junto ao Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE), órgão vinculado à Secretaria de Turismo do Estado. Antes, outros dois convênios já tinham sido assinados, totalizando um repasse superior a R$ 2.400.00,00 para Socorro. O governador Geraldo Alckmin e o secretário de turismo Claudio Valverde estavam presentes. Na oportunidade, Alckmin aproveitou para declarar que manterá a Secretaria de Turismo sem alterações em sua estrutura, fato que agradou os prefeitos das cidades estâncias, contempladas por recursos da pasta.

O repasse feito a Socorro será destinado a obras de revitalização e infraestrutura voltadas ao turismo, ao esporte e à acessibilidade/mobilidade. Os convênios firmados contemplam: 1. Construção da pista de skate, de um portal e da diretoria de Turismo no Centro de Exposições João Orlandi Pagliusi; 2. Ciclovia no trecho que vai do início do Corredor Turístico do Rio do Peixe até a cachoeira do Rancho Alegre; 3. Segunda etapa das obras de revitalização do Corredor Turístico da Pompeia; 4. Primeira etapa de revitalização da Avenida Coronel Germano, no trecho que vai da ponte até o semáforo; 5. Revitalização de quatro praças; e 6. Construção de banheiro subterrâneo e chafariz, na Praça da Matriz.

Lançamento da nova marca do Turismo

A nova marca turística de Socorro foi apresentada no Palácio das Águias, dia 27 de novembro, quinta-feira, na presença de autoridades e representantes do turismo. A novidade será utilizada em todos os materiais de divulgação do Departamento de Turismo, juntamente de novas imagens dos pontos turísticos de Socorro, de alta resolução, realizadas ao longo dos últimos meses. As ações fazem parte do Plano de Marketing do Turismo.

Voltar

Turismo Socorro

Circuito das Águas Paulista

Aprecesp - Turismo Paulista

Governo do Estado de São Paulo

Governo Federal do Brasil

IBGE

Cidades Digitais

BNDES