Socorro conquista pela segunda vez a certificação ambiental Município VerdeAzul

Socorro conquista pela segunda vez consecutiva a certificação Município Verde Azul. O selo premia anualmente as cidades paulistas que desenvolvem atividades e projetos para melhorar a qualidade de vida da população, aliados à preservação do meio ambiente.

A solenidade de certificação foi realizada na última quinta-feira (20), no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador Marcio França e do secretário estadual do Meio Ambiente, Eduardo Trani. Socorro obteve 84,85 pontos no ranking do Programa Município Verde Azul, ficando em 37º lugar dentre as 645 cidades do Estado de São Paulo.

Socorro melhorou seu desempenho no Programa Município Verde-Azul – PMVA, na edição 2018, pois no ano anterior obteve 81,19 pontos no ranking do PMVA, ficando em 43º lugar.

O Município Verde Azul avalia dez diretivas e mais de cem itens da área ambiental, observando e pontuando as medidas adotadas pelas prefeituras. Entre os pontos levados em consideração estão água, esgoto, iniciativas sustentáveis, educação ambiental, estrutura de meio ambiente, resíduos sólidos, uso do solo, arborização urbana, qualidade do ar e biodiversidade.

O programa, além de avaliar o compromisso dos municípios paulistas com o meio ambiente, estimulada as prefeituras a elaborar e executar políticas públicas voltadas ao desenvolvimento sustentável. Em troca, quanto melhor o desempenho do município, mais fácil ter acesso às verbas repassadas pelo Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição – FECOP.

“Este resultado é reconhecimento do trabalho realizado pela Prefeitura de Socorro, e ações como esta favorecem o meio ambiente e proporcionam uma maior qualidade de vida a população socorrense” – comenta o prefeito André Bozola, que compareceu à entrega do certificado, juntamente de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

“A certificação é muito importante porque se trata do reconhecimento de um trabalho realizado durante todo o ano. Isso indica uma melhora na área ambiental do município. Mas isso é só uma ação de transformação contínua na busca de mais qualidade aos cidadãos, respeito ao meio ambiente e sustentabilidade” – conclui o secretário municipal João Preto.

Compartilhe:

Voltar