3ª BINaïf Totem Cor-Ação abre sua terceira edição neste sábado, no Museu Municipal de Socorro

Foto: Simone Saul

Marinilda Boulay e Rosângela Politano idealizadoras e realizadoras da BINaïf

Abre neste sábado, (25) a terceira edição da BINaïf, Bienal Internacional de Arte Naïf Totem Cor-Ação, que acontece desde 2017 no Museu Municipal de Socorro.

Maior mostra internacional de arte naïf da América Latina, a BINaïf apresenta mais de 190 obras de artistas das 5 regiões do Brasil e internacionais, compreendendo os que foram selecionados por meio de um edital público, assim como obras de artistas convidados, e um espaço especial “Guardião das cores” dedicado ao artista paraibano de ancestralidade indígena Tito Lobo.

A Bienal foi criada por duas artistas, Rosângela Politano e Marinilda Boulay, que desenvolvem um grande número de importantes projetos em torno da cultura tradicional e da arte naïf em nossa cidade.

O “Totem” da BINaïf vem do ITC – Instituto Cultural Totem, do qual Marinilda é presidente, e o “Cor-Ação” do Projeto de mesmo nome, do qual Rosângela é diretora.  O comitê artístico desta edição foi composto por Antônio do Nascimento, importante colecionador de arte naïf, que está na criação da Bienal Naïfs do Brasil realizada pelo Sesc-Piracicaba, e Romildo Sant’Anna, professor de História da Arte, escritor e criador do MAP, Museu de Arte Primitivista José Antônio da Silva de São José do Rio Preto.

A Prefeitura Municipal através das secretarias da cultura e do turismo, Museu Municipal, Conselho Municipal de Políticas Culturais – ComupC, Conselho Municipal de Turismo – Comtur e a Associação Comercial de Socorro – ACE reiteram por 3 edições o apoio à BINaïf, que sendo colaborativa contou também com o apoio de um financiamento coletivo, composto em grande parte pelos artistas que dela participam.

A BINaïf Totem Cor-Ação se constitui em um espaço de valorização, difusão e circulação das obras e de artistas naifs brasileiros e estrangeiros, e neste momento de transição ainda sob os impactos da pandemia, ela será realizada presencialmente e online. Segundo suas criadoras, a BINaïf busca criar um movimento que transforma e reinventa o mundo através da arte, onde os artistas naïfs mostram sua força, colorindo este mundo com  cores vibrantes e obras plenas de otimismo.

Os artistas e obras que vão compor esta edição da BINaÏf podem ser conferidos neste link do site da Bienal : https://binaif.org.br/artistas-e-obras-binaif-2021/

Tito Lobo – espaço guardião das cores

A BINaïf 2021 dá ênfase ao trabalho do artista multifacetado que atua como desenhista, pintor, gravador, escultor e cenógrafo Tito Lobo, nascido em João Pessoa na Paraíba. Suas obras reconhecidas nacional e internacionalmente, têm grande influência da cultura indígena, herança dos seus avós que eram naturais de tribos da Paraíba e Maranhão. Tito Lobo desenvolve um importante trabalho de socialização das comunidades através da arte. Também chamado de “Guardião das cores”, ele declara: ”A minha arte é viva, tem uma conotação forte com a comunicação visual universal, isso ajuda muito na interação com os povos de diferentes tribos”.

Artistas

Albina Oliveira; Alex dos Santos; Alex Freire; Alice Masiero; Amiel Nassar Rivera; Andrea Teixeira Leite; Ângela Rosa; Ariane Krelling; Arivânio Alves; Arieh; Ary Smart; Bernardete Merino; Cácia Lima; Calderari; Carlos França; Carlos Jardel; Carminha; Celia Gondim; Cesar Lima; Claudia Bergel; Claudia Marcatto da Rocha; Claudia Scassio; Cléa Alves; Coletivo Vermelho com obras de Adriano Dias, Bia Telles, Carminha, Cecília Menezes, Con Silva, Dulce Martins, Fátima Carvalho, Helena Coelho, Jair Lemos, Juliana Scorza, Luciana Mariano, Nonato Araújo, Val Margarida, Vânia Farah, Willi de Carvalho; Cora Azêdo; Danbeco; Dani Vitório; Denise Faro; Elza Maria M. Pereira; Edna Alves; Eliana Martins; Eli Bacellar; Emma Bianchini; Erci Baldin; Eros; Fátima Camargo; Fernanda Cordeiro; Ge Guevara; Gerson Lima; Giba Ilhabela; GivaGomes; Guariguazi ou Guari; Helena Rodrigues; Helô e Tony; Helton Sousa; Isa Baah; Isa do Rosário; Jair Lemos; Janete Rodrigues; Joilson Pontes; José Carlos Monteiro; Jovino Gama; Laucilene Rocha; Leandro Luiz; Leonardo Luiz Correa Caprânico; Lívia Passos; Lucas Lambert; Lu Maia; Lu Morgado; Marcelo Schimaneski; Márcia Nunes; Márcio Oliveira; Maria Augusta Carvalho de Queiroz; Maria Carlini; Marilene Gomes; Meire Lopes; Melhado; Miren Edurne; Nalmendonça; Nilma Simões; Nilson; Nivaldo Carmo; Olinda; Orikerê de Campina; PaidasLomba; Parísina Ribeiro; Patricia Helney; Patrícia Lucena; Paulo Gracino; Regina Bartilotti; Regina Puccinelli; Reinaldo Romero; Renata Matusceviko; Riciere Teixeira; Rimaro; Roberto de Carvalho; Robson Miguez; Rodrigo (Manoel) Silva; Rosmarie; Ruiy Moura; Ruy Relbquy; Sandra Scavassa; Sihel; Tercilia dos Santos; Tina Perazzolo; Vânia Cardoso; Vânia Furlan e coletivo: Ana Lopes, Angélica Furlan, Filipe Furlan; Zélia Lima e Zé de Assis.

Tito Lobo – Espaço “Guardião das cores”

Artistas convidados

Adriano Dias; André Cunha; Angela Gomes; Azlemp; Célia Santiago; Cor Jesus Santana; Enzo Ferrara; Helena Vasconcellos; Indio da Cruz; Regina Drozina; Tânia de Maya Pedrosa; Valdeck de Garanhuns e Waldecy de Deus. In Memorian Marby Silva; Thiê; e Olávo Camps

Artistas internacionais

Angela Oskar – Chile; Cecilia Byrne – Chile; Chantal Le Pape – França; Elena Maali – Espanha; Felicia Vigil – Uruguai; Gigi Morenne – França; Kevin G. Fernández – Cuba; Lubov Toteva – Bulgária; Maria Tereza – Portugal; Luis El Studiante – Cuba; Pascale Gouverneur – Bélgica; Sabina Puppo – Uruguai; Assane Gning – Senegal.

Serviço
3ª BiNaïf – Bienal Internacional de Arte Naïf Totem Cor-Ação 2021
Período:
25 de setembro a 13 de novembro de 2021
Abertura: 25/09/2021 às 19h
Local:
Museu Municipal de Socorro “Dr. João Batista Gomes Ferraz”
Rua Antonio Leopoldino, 185 – Centro – Socorro – SP – Telefone: (19) 3895-8344
O Museu Municipal funciona de terça a sábado, das 9h às 17h (exceto feriados)

Compartilhe: