Professores municipais utilizam aplicativos Google para aulas a distância, trabalhos pedagógicos e reuniões

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Socorro está expandido o uso das ferramentas do pacote Google For Education, para realização de aulas a distância, diante do atual cenário relacionado ao cancelamento das aulas presenciais, devido à pandemia de Coronavírus. A implantação dos aplicativos Google para a Educação em Socorro está acontecendo em parceria com a Assessoria de Comunicação e Tecnologia da Prefeitura, com apoio técnico de Eduardo Mazolini, do provedor Intera.

Os professores têm se dedicado à preparação de videoaulas e postagens de atividades na plataforma Google Sala de Aula (Classroom). As escolas têm realizado os horários de trabalho pedagógico coletivo (HTPC) por ferramentas como Zoom ou Google Meet, e muitas estão desenvolvendo estudos direcionados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Os coordenadores têm incentivado ações de experimentação de aulas pelo Meet, até mesmo com alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Em 6 de julho, as professoras de inglês participaram de uma formação online sobre o material didático que utilizam, com acompanhamento da coordenadora Débora Ciarallo.

São diversas ações compreendendo o disposto na competência 5 da BNCC sobre “Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.”

“O empenho dos professores, gestores e principalmente das famílias tem sido o diferencial para a garantia de ações de manutenção da aprendizagem e de colaboração neste momento tão difícil que enfrentamos” – destaca a secretária de Educação, Flávia Maria Teixeira Beneduzzi.

A partir de 15 de julho, serão criadas sala de aulas virtuais no Google Sala de Aula (Classroom), iguais às existentes nas estruturas reais das escolas, facilitando a segmentação dos conteúdos e interação entre professores e alunos.

Os pais ou responsáveis que tiverem dúvida sobre o cadastro, acesso e operação dos aplicativos Google para Educação, devem procurar orientação na secretaria da escola onde o aluno está matriculado. Até o momento, não há previsão de retorno das aulas presenciais.

Compartilhe: