Secretaria de Cultura em parceria com o Espaço do Artesanato realiza exposição permanente do Nhanduti

A Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o Espaço do Artesanato realizou a inauguração da vitrine permanente do Nhanduti, no Centro Administrativo “Profº Imir Baladi”, sede da Prefeitura, na quarta-feira (22).

A exposição foi realizada para homenagear as primeiras pessoas envolvidas com o Nhanduti em Socorro, são elas, Rosinha Vita e sua filha, Gladyz Vita de Araújo, pelas mãos de quem a tecelagem artesanal chegou e se espalhou por nossa cidade.

“Por inciativa da senhora Elisabeth Horta Correa e dos demais órgãos municipais, conseguimos criar essa linda exposição permanente” – comenta a presidente do ICA e vice-presidente do COMUPC, Maria Lucia Fagundes.

Para firmar a grande importância deste projeto, foi aprovada Há pouco, a lei de autoria do vereador Tiago Faria, que declara o saber fazer Nhanduti, um patrimônio cultural.

“Esse projeto vem com o objetivo de trazer a todos um pouco sobre a história desta linda arte. Além recuperar os ensinamentos da tecelagem artesanal” – conclui o secretário de Cultura, Fernando Murilo Silva.

Compartilhe: