Socorro se prepara para ser a cidade mais Petfriendly do Brasil

A prefeitura municipal de Socorro, através da Secretaria de Turismo, em parceria com COMTUR e ASTUR, iniciou nesta quarta-feira (20), a preparação do projeto Petfriendly.

O mercado pet no Brasil apresenta-se em ampla ascensão nos últimos dez anos, colocando o país em segundo lugar no ranking mundial deste segmento. O movimento Pet Friendly no Brasil apresenta-se em franca expansão, consequência do forte vínculo entre os brasileiros e seus pets, gerando oportunidade de novos negócios para muitas empresas.

Socorro é uma cidade com grande potencial para ser referência como um destino turístico Petfriendly e se prepara para ser a cidade mais equipada do Brasil. Além de acolher com carinho todos os membros da família, procura incluir o pet na hotelaria, gastronomia, lazer e varejo com segurança e responsabilidade.

A primeira etapa foi à contratação de uma consultoria especializada no assunto, que dentro das ações previstas estão incluídas, reunião de preparação junto a Secretaria de Turismo, ASTUR e COMTUR para o início do projeto, levantamento da atual situação do destino, capacitação para adequação dos empreendimentos, criação de selo Petfriendly que terá níveis diferentes pet e para finalizar a inauguração do projeto juntamente com a “Praça Pet” no Parque da Cidade que está prevista para dia 04 de Outubro que é comemorado o dia dos animais.

“Vemos que grande parte dos visitantes da cidade vem acompanhado de pets, esse projeto e de extrema importância pois, há também outros animais de estimação como coelhos, gatos, porquinho da índia, e muitos deles fazem o maior sucesso nas redes sociais” explica a presidente da ASTUR, Ana Luiza Presidente.

“O mágico desse projeto é que todas as ações além de beneficiar os turistas vão agregarem muito aos munícipes, pois, grande parte da nossa população possui um animal de estimação, e assim poderão levá-los no Parque da Cidade sabendo que eles terão uma área exclusiva de recreação e também poderão frequentar outros lugares, como restaurantes, cafeterias e centros comerciais com estrutura para receberem seus pets”- comenta a secretaria de Turismo, Ana Monteiro.

Compartilhe: